Moon-Walker
Foto por Gabriel Mendoza Weiss
 

🇺🇸 Moon Walker

O duo norte-americano Moon Walker é um dos ótimos projetos que surgiram durante a quarentena. Formada por Sean McCarthy, na bateria, e Harry Springer, na guitarra, canto e produção, a dupla mistura uma quantidade surpreendente de estilos em seu rock alternativo.

Funky, psicodélica e ligeiramente pós-punky, a banda vem preparando o lançamento de seu álbum de estreia, Truth To Power, que sairá no próximo dia 24 de Setembro. O disco foi gravado em Los Angeles, no apartamento da dupla, projetado, produzido e mixado por Harry.

Para esquentar as coisas, a Moon Walker vem divulgando alguns singles, sendo o mais recentes deles a faixa “Disturbed Suburbia“, um rock satírico e eletrizante que canaliza o funk dos anos 70 com uma boa dose de atitude rock de garagem. Assista ao videoclipe logo abaixo.

🇩🇪 The Mergers

The-Mergers
Foto por Cris Civitillo

A banda alemã The Mergers lançou recentemente o seu terceiro álbum de estúdio, Three Apples In The Orange Grove. Com composições e arranjos fortemente influenciados pelo rock e pela cultura pop britânica, o disco saiu pela Soundflat Records.

O registro conta com 13 faixas, incluindo os singles “Maybe All You Need Is Time“, “Herman” e “Seekin’ for the Light“. As canções, que remetem a nomes como Temples, Tame Impala, Jacco Gardner e Fogbound, convidam o ouvinte a mergulhar numa sinfonia musical psicodélica, sonhadora e bastante requintada.

Com este álbum, parece que os rapazes de Nuremberg mergulharam no som britânico do final dos anos 60 e fundiram com sons psicodélicos do freakbeat em uma sonoridade própria. Trazendo belas harmonias vocais e muita reverberação, além de uma vasta gama de guitarras giratórias, Three Apples in the Orange Grove soa como uma viagem sonora.

🇫🇷 Deleo

Deleo
Foto por Jcolinphoto

A Deleo é uma das poucas bandas darkpop da cena francesa. O grupo, que vem preparando o lançamento de seu álbum de estreia, divulgou recentemente o EP de quarentena Isolated (Live), já disponível nas plataformas digitais.

O registro conta com produção de Philippe Uminski (Archive / Circus / Calogero) e foi gravado durante o confinamento, trazendo versões obscuras e hipnóticas de seus singles “Unfair” e Going Home“, além do refrescante single inédito “Reason“.

O quarteto mistura sua vibe melancólica com uma sonoridade espacial, onde a voz suave e etérea da vocalista Emy vibra sensualmente sobre as delicadas guitarras atmosféricas de Nicolas. Você pode conferir o resultado dessa mistura com a apresentação ao vivo de “Reason”.

🇦🇺 Finn

Finn
Foto: Divulgação

A banda australiana de blues-rock Finn divulgou recentemente a música inédita “Come and Play“, primeiro single de seu próximo álbum, que será intitulado Mayrose.

A novidade chega pouco meses após o disco Stonewalling, que saiu em Maio deste ano. No novo trabalho, o grupo promete explora sabores mais quentes e melódicos, enquanto homenageia a importante influência de George Harrison, Electric Light Orchestra e Nick Drake.

Em sua sonoridade, a Finn cruza os caminhos do blues-rock agressivo com climas reflexivos guiados pelo groove. Segundo a banda, o single “Come and Play” é “tão suave quanto bebericar um Old Fashioned enquanto o sol afunda no mar“.

🇧🇪 Francesco Palmeri

Francesco-Palmeri
Foto: Divulgação

O músico e compositor belga Francesco Palmeri buscou influências brasileiras para o seu single “Coração“, lançado recentemente junto a um videoclipe. Em conversa com o TMDQA!, o artista se declarou um “amante da harmonia e do ritmo” e apontou a música brasileira como uma de suas favoritas.

Eu moro na Bélgica, exatamente em Bruxelas. Eu nasci de pai italiano e mãe espanhola. A música tradicional brasileira sempre foi uma das minhas favoritas. Acho que é uma das músicas mais ricas que existe, tanto do ponto de vista rítmico quanto harmônico.

A canção conta com participação do músico brasileiro Osman Martins, que canta uma estrofe, além de tocar pandeiro e cavaquinho. Segundo Palmeri, ele “precisava de um coração brasileiro que batesse no meio da música“.

A seguir, assista ao clipe de “Coração”.