Lorde no VMAs 2017
Foto de Lorde via Shutterstock
 

Nesta sexta-feira (20), Lorde estreou seu aguardado novo disco, Solar Power, e novamente atraiu todos os olhares do grande público.

O trabalho de estúdio, que já havia sido antecipado pela canção que dá nome ao álbum e mais recentemente “Mood Ring” e “Stoned at the Nail Salon”, não foi tão bem recebido como os anteriores. Mas, para a neozelandesa, isso não é um problema.

Em entrevista ao The Wall Street Journal, Lorde explicou por que o sucesso comercial não a preocupa:

Eu tenho ansiedade zero sobre isso, mas estou certa de que há por aí alguém com uma planilha, que pode apontar modos pelos quais estou fazendo menos dinheiro. Eu tive uma conversa com meu empresário. Eu disse: ‘Eu tenho mais dinheiro do que eu poderia gastar em minha vida. Tenho uma casa. Eu tenho alguns tapetes muito bonitos, móveis ótimos e posso comprar o que eu quiser no mercado. Tipo, nós estamos bem de dinheiro’.

Nesse sentido, Lorde revelou que até planeja turnê em lugares menores:

Eu não sei se sou uma ‘garota de estádios’, sabe? Prefiro um local com 5 mil pessoas que sabem cada palavra de cada música e são apaixonadas por mim como [se fosse] uma instituição do que [um lugar] com 18 mil pessoas que escutaram duas canções na rádio e gostam delas.

Difícil vai ser comprar ingresso pra um show da cantora em um lugar pequeno assim, né?

Lorde lançará versão especial de Solar Power

Ainda ao The Wall Street Journal, a artista afirmou que pretende lançar uma versão de Solar Power que não será incluída nas vendas para as paradas, reforçando sua ausência de preocupação com os números.

Chamada de “caixa musical”, a edição especial não poderá ser considerada pela Billboard, por exemplo, e vai conter itens colecionáveis, além de trazer um código digital para download do álbum com duas faixas bônus.

LEIA TAMBÉM: Lorde fica bêbada com Seth Meyers e apresenta novo single ao vivo; veja

 
Compartilhar