Karaokê na China
Foto de Karaoke via Shutterstock
 

A China anunciou que será proibido tocar em karaokês músicas consideradas subversivas ou contrárias à unidade nacional do país.

De acordo com a agência de notícias estatal Xinhua (via npr), o Ministério da Cultura e Turismo chinês informou que a partir de 1º de Outubro será criada uma lista de canções “com conteúdo ilegal”.

Esse decreto incluirá qualquer música que “coloque em risco a unidade nacional, a soberania ou a integridade do território; viole as políticas religiosas da China e divulgue seitas e superstições; e defenda a obscenidade, o jogo, a violência e os crimes relacionados com as drogas ou crimes instigantes”.

Karaokês na China

Possuindo cerca de 50 mil estabelecimentos de lazer com karaokês e”bibliotecas de músicas com mais de 100 mil canções”, as autoridades chinesas esperam que os responsáveis pelos locais fiscalizem as escolhas musicais do público e apaguem todas as faixas que violem os critérios estabelecidos pela lista.

Em 2015, a China chegou a proibir 120 canções da Internet por considerá-las “prejudiciais” à sociedade. Músicas como “No Money No Friend”, “Don’t Want To Go To School”, “One Night Stand”, “I Love Taiwanese Girls”, “Fart” e “Beijing Hooligans” foram incluídas na decisão (via CNN).

 
Compartilhar