Anfiteatro Red Rocks, nos EUA, oferece vacina
Foto via CC BY-SA 3.0, Wikimedia Commons
 

A Live Nation, produtora de shows mundialmente relevante, autorizou que artistas exijam vacina contra COVID-19 ou teste negativo para a doença dos fãs que querem assistir às suas apresentações.

A notícia veio em uma carta de melhores práticas enviada pela empresa à indústria. Um trecho diz (via Ultimate Classic Rock):

Estamos trabalhando para garantir que retornaremos da melhor maneira possível para equipe, artistas, fãs e comunidades no geral. Nossas equipes trabalharam juntas para implementar novos processos, para que os artistas que fazem shows com a Live Nation nos EUA possam exigir que todos os participantes e funcionários sejam totalmente vacinados ou apresentem um resultado de teste negativo para a entrada, quando permitido por lei.

Na carta, a produtora ainda cita o Lollapalooza Chicago, o qual também organiza, que usou essa medida para garantir a segurança de seu público.

Sabemos que as pessoas estão ansiosas para voltar aos eventos ao vivo e esperamos que essas medidas incentivem ainda mais pessoas a se vacinarem. Essa é a primeira coisa que qualquer um pode fazer para cuidar das pessoas ao seu redor e estamos incentivando o maior número possível de programas a adotar esse modelo.

Apesar do encorajamento, os artistas que não quiserem fazer essa exigência não serão obrigados.

Covid-19 nos EUA

Apesar da volta dos grandes shows e festivais, autoridades públicas estão preocupadas com novos surtos da doença em alguns estados que já reabriram. No Oregon e em Michigan, por exemplo, algumas dezenas de casos foram relacionadas a dois festivais que aconteceram por lá.

Você pode entender um pouco melhor como está a situação por lá nesta matéria.

 
Compartilhar