George Harrison
Crédito: reprodução
 

Em 1970, George Harrison lançava seu lendário terceiro disco na carreira solo, All Things Must Pass.

O tempo passou, o disco ganhou bastante fama e a família do ex-Beatle decidiu preparar uma edição super especial em comemoração ao 50º aniversário do trabalho de estúdio.

Então veio a pandemia em 2020 e os planos de lançamento da versão deluxe foram adiados. Mas, para a alegria dos fãs, a espera acabou.

A reedição de All Things Must Pass, com demos, remixes, gravações inéditas, raridades e muito mais finalmente estreou nas plataformas digitais e também chega em uma bela versão física.

A extensa versão contou com a colaboração do filho de George, Dhani Harrison, que comentou através de comunicado (via Consequence):

Desde o 50º aniversário do lançamento do lendário disco do meu pai ‘All Things Must Pass’ em 2020, meu querido amigo Paul Hicks e eu temos mergulhado em uma montanha de fitas para recuperar e apresentar este novo material remixado e a versão estendida do álbum que agora você pode ver e escutar.

Trazer uma melhor qualidade sonora para este disco sempre foi um dos desejos do meu pai e é algo em que nós trabalhávamos juntos antes dele falecer em 2001. Agora, 20 anos depois, com o auxílio de novas tecnologias e o exaustivo trabalho de Paul Hicks nós realizamos esse desejo e apresentamos a vocês esse lançamento muito especial pelo 50º aniversário de, talvez, uma das melhores peças de arte do meu pai. Cada desejo será preenchido.

As cópias físicas da reedição de All Things Must Pass estão disponíveis em CD duplo, triplo LP ou edição limitada com três discos de vinil.

Scrapbook foi organizado por viúva de George Harrison

Para quem está disposto a desembolsar uma grana maior, há também duas versões com oito LPs (ou cinco CD’s), além de um disco de áudio Blu-ray e um scrapbook de recordações com 60 páginas organizadas pela viúva de George, Olivia.

O álbum original tem 23 faixas e traz sucessos como “Isn’t It a Pity”, “What Is Life” e “My Sweet Lord”. A versão deluxe inclui diversas faixas que não fizeram parte do disco de 1970, como “Cosmic Empire”, “Going Down To Golders Green” e “Mother Divine”.

Ouça a versão digital da edição deluxe do disco a seguir e saiba mais sobre a versão física por aqui!