Incêndio na Cinemateca Brasileira
 

Triste dia para a cultura brasileira: parte da Cinemateca está em chamas.

Notícias compartilhadas nos últimos minutos dão conta de que o galpão da instituição na Vila Leopoldina foi atingido por um incêndio, ainda sem informações a respeito de possíveis vítimas.

O local que abriga parte do riquíssimo acervo da Cinemateca Brasileira já havia sido atingido pelo fogo em 2016, quando foram perdidas centenas de obras, e sofrido com enchentes em 2020.

Incêndio na Cinemateca Brasileira

Não apenas a presença de materiais raros e históricos do cinema brasileiro traz preocupações por causa da perda desses registros, como o Corpo de Bombeiros afirma que há riscos do fogo aumentar por conta do material inflamável, principalmente arquivos de filmes com acetato altamente inflamável.

Vale lembrar que a responsabilidade da conservação da Cinemateca é do Governo Federal, mas todos sabemos que a administração atual não tem lá muito apreço pela cultura, tanto que nem um Ministério para isso possui.

Em Julho do ano passado, o Ministério Público Federal em São Paulo entrou na Justiça contra a União, acusando o governo de abandono da instituição.

A gestão vinha sendo feita através de parceria entre o governo federal e a Associação Comunicação Educativa Roquette Pinto (ACERP) e o contrato terminou em 31 de Dezembro de 2019, sem nova licitação.

Na ação do MPF-SP a promotoria citou riscos de incêndio e falta de vigilância apropriada, além de atrasos em pagamentos de contas e salários.

Antes de soluções efetivas, a ação foi suspensa em Maio de 2021 depois que o governo federal disse que mostraria ações implementadas no sentido de preservar o patrimônio com um prazo de 45 dias.

Triste dia.

 
Compartilhar