DaBaby
Foto: Reprodução/YouTube
 

DaBaby se pronunciou depois de ter sido duramente criticado por fazer comentários considerados homofóbicos e machistas durante um recente show em Miami.

Como te contamos ontem por aqui, um vídeo que circulou nas redes sociais mostra o rapper abordando seu público com falas extremamente pesadas envolvendo assuntos como HIV, AIDS, corpo das mulheres e relações homossexuais.

Através de uma série de stories em sua conta do Instagram, DaBaby tentou justificar suas declarações atacando aqueles que não estavam presentes no show e dizendo que eles não deveriam opinar sobre suas atitudes durante as apresentações ao vivo. Em um trecho dos vídeos, ele disse (via NME):

O que eu faço em um show ao vivo é para o público no show ao vivo. Nunca será traduzido corretamente para alguém olhando um pequeno clipe de cinco ou seis segundos de seu maldito berço em seu telefone. Simplesmente não funciona assim.

Porque, independentemente do que vocês, filhos da puta, estão falando e como a internet distorceu minhas malditas palavras, eu e todos os meus fãs no show, os gays e os héteros, fizemos a parada acontecer.

Estou falando do meu garoto que estava na frente do palco à esquerda onde eu pulei, pergunte a ele. Ele tinha filmagens de todas essas coisas, ele gravou a noite inteira. Passamos a noite toda aparecendo. Meu garoto tem as gravações da frente do palco. Ele estava lá naquela selva, naquela água. Ele conhece as letras das músicas. Estou fazendo rap para essas vadias com eles.

O rapper continuou o vídeo dizendo que aqueles que não estavam no show deveriam “calar a boca” e afirmou que as frases presentes no vídeo do show funcionam como um “call to action”, uma espécie de ação para chamar a atenção do público. Ele acrescentou:

Eu sou o melhor artista ao vivo. Você interage com seus fãs, entende o que estou dizendo?

Todas as luzes se acenderam, gay ou hétero. Você quer saber por quê? Porque mesmo meus fãs gays não têm a porra da AIDS… Eles não têm AIDS. Meus fãs gays, eles cuidam de si mesmos, eles não fazem isso… Eles não são viciados. Eu disse que se você não está chupando pau no estacionamento, acenda a luz do seu celular. Você sabe o que meus fãs gays fizeram? Acenderam essa porra de luz.

Meus fãs gays não fazem isso. Eles têm classe. Eles não estão chupando pau em nenhum estacionamento. Até meus fãs gays têm padrões.

DaBaby concluiu seu discurso criticando aqueles que estavam promovendo “atenção e energia negativa” sobre o assunto e disse que os internautas que julgaram suas falas não eram uma preocupação para ele:

Calem a boca. Não perturbem os filhos da puta dos meus fãs gays e os façam se sentirem desconfortáveis ​​com a pele deles… Gay ou hétero, ou os dois, ou o que seja. Nenhuma dessas merdas importa para mim. O que importa para mim, quando estou naquele palco, é dar um show para qualquer um e todos que estão lá fora e foi isso que eu fiz.

Apesar de muitas pessoas não ficarem satisfeitas com as justificativas do artista que não mostrou qualquer arrependimento sobre o que falou no show, o rapper T.I. se manifestou a favor de DaBaby comparando seus comentários ao conteúdo abordado por Lil Nas X em suas músicas, como explicamos aqui.

Complicado.

 
Compartilhar