Robby Steinhardt, cofundador e ex-violinista do Kansas, morre aos 71 anos de idade
Reprodução / Facebook
 

Robby Steinhardt, membro fundador, ex-violinista e vocalista original do Kansas, faleceu aos 71 anos de idade por complicações de pancreatite aguda.

A notícia foi informada pela família do músico em um breve comunicado em que eles lamentaram a partida de Robby e atualizaram os fãs do cantor sobre seus últimos feitos (via Loudersound):

Robert Eugene Steinhardt foi bem reconhecido como membro fundador e violinista e vocalista original da banda de rock Kansas. Seu violino e voz em ‘Dust in The Wind’, ‘Point Of No Return’ e ‘Carry On Wayward Son’ criou para Robby um lugar sólido na história do rock.

Robby estava gravando seu novo álbum com o produtor Michael Franklin, que reuniu um elenco de estrelas de músicos famosos em apoio ao retorno de Robby. Steinhardt estava muito orgulhoso deste projeto, com lançamento previsto para o final de 2021. Ele havia começado os ensaios para uma turnê nacional quando adoeceu.

Robby deixa sua esposa Cindy e filha Becky. Ele fará muita falta e sua música durará para sempre. Um memorial será anunciado no futuro.

Robby Steinhardt e o Kansas

Robert formou a banda White Clover ao lado de Phil Ehart, Steve Walsh e Rich Williams mas, após a entrada do guitarrista Kerry Livgren, o grupo passou a se chamar Kansas.

Com a banda de Rock Progressivo, Robby fez história principalmente com a clássica “Carry On Wayward Son”, do disco Leftoverture, de 1976. Inclusive, essa música se tornou uma espécie de “hino” de Supernatural, pois era a trilha de toda abertura de final de temporada da série.

Steinhardt foi co-vocalista junto com o tecladista Steve Walsh de 1973 a 1982 e de 1997 a 2006. Depois desse período, o violinista foi substituído por Dave Ragsdale.

Antes de retornar ao Kansas em 1997, Robert liderou sua própria banda, o Steinhardt-Moon, e se juntou à Stormbringer Band de 1990 a 1996, gravando dois CDs com o grupo durante sua filiação.

Confira abaixo alguns vídeos do Kansas com a participação do músico, incluindo a clássica “Dust in the Wind” onde podemos ver uma de suas melhores performances.

Descanse em paz, Robby Steinhardt.

 
Compartilhar