Pocah
Reprodução/Instagram
 

Após ser preso por agredir a ex-mulher Pamella Holanda, o DJ Ivis segue sendo um dos assuntos mais comentados das redes sociais e quem se pronunciou sobre o caso de maneira diferente do que estamos vendo foi o humorista Tirullipa.

Em seus stories, na última sexta-feira (16), ele falou que “o mundo é do perdão” e que “a gente tem que perdoar”, citando inspirações em figuras religiosas para isso (via O Tempo):

A gente vai dar outra oportunidade sim. O mundo é de oportunidades, tem que perdoar, o mundo é do perdão, Jesus morreu na cruz por nós, perdoou todos os nossos pecados, a gente tem que perdoar. Seja como Jesus foi, faça como Jesus fez que não tem erro, você pode ter o dinheiro do mundo que tiver, o sucesso do mundo, sem Deus você não é nada.

Os vídeos viralizaram e chegaram até algumas figuras do entretenimento brasileiro, como o vocalista Tico Santa Cruz, do Detonautas, que questionou “por que espancadores não lembram do Deus que eles evocam na hora que estão espancando mulheres?” e xingou o humorista.

Continua após o Tweet

Pocah se pronuncia sobre DJ Ivis e declarações de Tirullipa

Quem também falou sobre foi Pocah, cantora e hoje ex-BBB que deu uma verdadeira aula sob a ótica de alguém que já viveu uma experiência parecida:

Eu entendo o pensamento do Tirulipa porque eu também já pensei assim. Eu achava que Deus iria transformar a pessoa que me agredia, até porque o meu agressor dizia que estava sendo usado pelo Diabo e que não queria me agredir e me chutar numa escada quando eu estava grávida de 7 meses ou quase me cegar do olho esquerdo. Eu achava que toda aquela humilhação era um testemunho pra no futuro dizer ‘Deus mudou a minha vida e restaurou a minha família.’ Eu acreditava, juro!

Mas ele não parava. Fez com mulheres antes de mim, e outras depois de mim. Quando essa mudança vai ocorrer? Quando a pessoa quiser a mudança verdadeiramente, eu acredito sim que Deus transforma, mas bem longe de mim, sem ouvir falar ou consumir o trabalho dessa pessoa.

Todo mundo merece uma segunda chance, mas pra mim a chance de um agressor é ainda estar vivo e pagar pelo que causou na mente e no corpo de uma mulher que nunca mais vai esquecer o pesadelo que é sofrer violência doméstica.

Hoje eu agradeço a Deus pela transformação na minha vida, agradeço por estar viva e poder testemunhar que eu venci! Mas ainda dói muito pensar que assim como eu, muitas mulheres já sofreram ou ainda sofrem de violência doméstica. Denuncie, ligue 180, se for necessário exponha nas redes sociais sim! Coloca no jornal! Faz um sinal de fogo! Mas não se acomode com essa vida! Se eu venci você também pode.

‘Quem perdoa é Deus!’ E cadeia é pouco!!

Você pode ver prints das publicações de Pocah logo abaixo.

Continua após o Tweet

Gravadora rompe contrato com DJ Ivis

Vale lembrar que, diante da situação apresentada, a gravadora do músico — a Sony Music Brasil — resolveu encerrar o vínculo e não possui mais nenhuma afiliação com o artista.

A decisão foi comemorada por muitos, ainda mais pelo fato de que as suas canções foram removidas de playlists nas plataformas de distribuição de música, como o Spotify.

Que a justiça seja feita o mais rápido possível.

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Sony Music Brasil (@sonymusicbrasil)

 
Compartilhar