Cliff Burton em sua última entrevista
Reprodução/YouTube
 

Em 1986, o mundo da música perdeu um de seus maiores talentos quando um acidente levou Cliff Burton, lendário baixista do Metallica.

Pouco tempo antes disso, no entanto, Cliff concedeu sua última entrevista ao lado do companheiro de banda James Hetfield. Na época, a banda vinha sendo bastante criticada e alguns fãs diziam que eles tinham “se vendido” por conta do sucesso que Master of Puppets vinha fazendo — algo inimaginável nos dias atuais, já que o disco é possivelmente o maior clássico dos caras.

Quando isso foi mencionado, Burton respondeu:

A gente faz o que a gente quer fazer, se eles consideram isso se vender, então… tanto faz. [As pessoas acham que somos vendidos só porque] talvez não tocamos mais a 1000 milhas por hora o tempo todo.

James reforça, dizendo que a banda estaria fazendo a mesma coisa se ainda estivesse em um selo independente; grande parte das críticas, como fica claro, vinha pelo fato da banda ter assinado com uma grande gravadora.

Vários outros assuntos são abordados no papo, que conta geralmente com respostas curtas mas interessantes dos músicos. Um momento triste, infelizmente, é quando Cliff menciona que o grupo estará indo para a Europa em breve. Foi justamente nessa turnê, em uma estrada da Suécia, que ele acabou falecendo.

Você pode conferir esse registro histórico na íntegra pelo vídeo abaixo.

A última entrevista de Cliff Burton