Festival Verknipt, na Holanda, em 2016
Reprodução/YouTube
 

A gente recebe todos os dias dezenas de notícias animadoras e outras não tão positivas assim sobre o controle da disseminação da COVID pelo mundo.

Infelizmente, aqui vai uma ruim: aproximadamente mil fãs de música foram infectados pela doença ao participarem do Festival Verknipt, realizado nos dias 3 e 4 de Julho na cidade de Utrecht, na Holanda.

De acordo com autoridades locais de saúde pública que se manifestaram nesta quarta-feira (14), o evento aconteceu em espaço aberto e recebeu cerca de 20 mil pessoas.

Ainda segundo eles, o contágio pode ter sido ainda maior diante do alto número de pessoas presentes no festival, que contaminou ao menos 448 pessoas no primeiro dia e outras 516 no dia seguinte.

Os organizadores do evento disseram estar chocados com o elevado número de infecções, pois afirmam que seguiram todas as regras de higiene e sanitização.

Além disso, os participantes do festival tiveram que apresentar provas de vacinação ou testes negativos para COVID e a entrada teria sido controlada para evitar aglomerações.

Liberação de atividades na Holanda

Quase todas as medidas de combate à pandemia foram suspensas na Holanda em 26 de Junho, permitindo a realização de grandes eventos desde que os frequentadores apresentassem um teste negativo ou comprovação de vacina.

No entanto, a evolução no controle do coronavírus não saiu como o imaginado e o número diário de infecções por lá subiu 500%. Hoje, o país atinge uma média de 8 mil casos por dia.

Como resultado, pesquisas indicam que a maioria dos holandeses considera que o governo agiu com irresponsabilidade ao eliminar praticamente todas as restrições contra a COVID. Como te falamos por aqui anteriormente, uma festa em boate também deixou mais de uma centena de contaminados.

O primeiro-ministro Mark Rutte assumiu a parcela de culpa do governo nesta última segunda-feira (12) e, como a recente alta nos casos da doença é atribuída aos jovens que costumam sair para festivais e locais que geram aglomeração, o governo da Holanda ordenou o fechamento de boates e voltou a adotar regras mais rígidas para bares e cafés.

 
Compartilhar