Dua Lipa
Foto por Hugo Comte
 

Dua Lipa está sendo processada por… publicar uma foto de si mesma no Instagram.

É isso mesmo que você leu: a empresa Integral Images alega que a cantora postou “sem permissão ou autorização”, em Fevereiro de 2019, uma foto tirada por um de seus profissionais em sua conta do Instagram.

De acordo com a Billboard, a imagem em questão foi tirada por um paparazzi e mostra Dua na fila de um aeroporto usando um chapéu enorme. Junto com a foto, ela teria escrito: “Vou viver sob grandes chapéus fofos até segunda ordem”.

Acusação contra Dua Lipa

Na reclamação de violação de direitos autorais de oito páginas apresentada pelo advogado Craig Sanders no Tribunal Distrital dos EUA, na Califórnia, na última terça-feira (6), a empresa aponta que a artista teria lucrado com a imagem, já que ela usa sua conta do Instagram como uma ferramenta de marking para sua carreira.

O documento diz:

A conta é monetizada na medida em que contém conteúdo projetado para acumular seguidores que são direcionados para, por meio de link e/ou anúncio, consumir e comprar o conteúdo.

A Integral Images está pedindo US$150 mil — cerca de R$788 mil — por danos ou, caso o valor acabe sendo maior, eles sugeriram “uma indenização por danos reais e restituição de todos os lucros [de Dua] atribuíveis às infrações”.

Além disso, a empresa solicita que a cantora arque com os custos do processo e receba uma liminar que a impeça de realizar novos atos de infração.

Muitos artistas já passaram pela situação de Dua Lipa, incluindo Justin Bieber, Ariana Grande, Jennifer Lopez e outros. Que complicado, hein?