Saint-Chaos
Foto: Divulgação
 

🇩🇪 Saint Chaos

O duo alemão de modern rock Saint Chaos, formado por Nils Brunkhorst (vocal) e Phil Sunday (produtor / guitarra), lançou recentemente o seu excelente single “Everybody’s Weird“, que chegou acompanhado por um videoclipe animal!

A música traz uma sonoridade poderosa e contagiante e convida todos a abraçarem as suas próprias estranhezas, encontrando autenticidade por meio de suas diferenças.

Unindo vocais pós-grunge com batidas eletrônicas impulsionadas pela guitarra, o Saint Chaos criou uma atmosfera vibrante para o seu som, com melodias cativantes e uma vibe bastante visual e cinematográfica.

Você confere o clipe de “Everybody’s Weird” logo abaixo.

🇫🇷 Alice Animal

Alice-Animal
Foto: Divulgação

Com força e confiança incomuns, a artista francesa Alice Animal mistura o peso das guitarras com sua voz de modo gracioso e explora seu próprio hibridismo diante de nossos olhos: por vezes energética e ousada, por outras delicada e suave.

Guitarrista, cantora e compositora, a artista lançou em Maio o seu novo álbum, intitulado Tandem, onde expõe sua raiva e vulnerabilidade, seu espírito de rebelião e seus amores apaixonados, ao som de ritmos sensuais de rock, pop e chanson.

Explorando uma sonoridade entre PJ Harvey, Axel Bauer, St Vincent e Anna Calvi, Alice Animal se torna totalmente elétrica, desenrolando suas histórias e suas palavras entre os raios de sua guitarra, que ressoa como uma segunda voz.

Recentemente, “Tandem“, faixa-título do trabalho, recebeu um videoclipe oficial. A música, que abre com um riff intenso, passeia pelas colinas da vida como um diálogo amoroso, até a que a melodia do refrão coroa tudo. A seguir, você pode assistir ao lançamento.

🇯🇲 Vanzo

Vanzo
Foto por Romain Sherkhan Chiffre

Há uma festa em Spanish Town e você está convidado! Sinta-se confortável no assento de seu carro e gire a chave de ignição, pois o cantor jamaicano Vanzo te leva para um passeio pela cidade no delicioso reggae “In The City“, seu novo single e videoclipe.

A canção traz uma doce sensação daquelas viagens noturnas em meio ao verão, com as janelas abertas e a brisa quente acariciando sua pele, enquanto um baixo marcante te leva até o seu destino.

O single clama por união e oferece uma atmosfera positiva com seu flow moderno esculpido sobre os beats do duo Indus Tree. A dupla francesa soube modelar um cenário sob medida para a voz cálida de Vanzo, oscilando entre o new roots e elementos do dub. Os arranjos são de Xav Waks e Don Mbalo.

Assista ao clipe de “In The City”.

🇵🇹 Chapa Zero

Chapa-Zero
Foto: Reprodução / Facebook

A banda portuguesa de punk rock Chapa Zero surgiu pela “necessidade de agredir verbalmente (com mais ou menos ternura, conforme o caso) certos setores da nossa sociedade” e fazer isso sob a forma de música deixa tudo mais agradável!

O grupo conta com dois álbuns de estúdio em sua bagagem — Chapa Zero (2014) e Fia-te na Virgem e Não Corras (2017) — e vem preparando as gravações de um novo registro. Para ir esquentando a chapa (*ba-dum-tss*), o quarteto já soltou dois aperitivos do novo trabalho, sendo um deles a recente “O Tino Voltou!“.

A música foi gravada no estúdio Aqui Há Gato e contou com produção de Emanuel Ramalho. Você confere a novidade no player abaixo.

🇬🇧 Jiminil

Jiminil
Foto por Adrian Vitelleschi Cook

O músico britânico Jiminil traz em sua sonoridade um verdadeiro caldeirão de folk e indie-rock sombrio com pitadas de psicodelia, fazendo com que suas linhas possam ser confundidas com a sensibilidade do jazz.

Spider“, o primeiro single de sua carreira, foi lançado em Junho, e apresenta arranjos densos e melosos. Segundo o músico, a canção é sobre se descobrir “em um cenário social ou político que sua ignorância ou tolerância foi cúmplice em criar“.

Às vezes, sua apatia pode permitir que a teia de aranha ocupe todos os cantos e, por meio de uma indiferença blasé, as aranhas podem dominar a casa. Em meio a essa atmosfera assustadora, há uma leve sensação de positividade em enfrentar seus medos e viver em acordo com as aranhas da melhor maneira possível, ao invés de se curvar aos seus caminhos venenosos.

O single foi gravado por Cameron Worne, no Summerhouse Recording Studios, em Nottingham. A mixagem é de Tom Rees e a masterização de Eddie AlShakarchi. Para a faixa, Jiminil contou com Cameron Worne (bateria), Alice Robbins (violoncelo), John Thompson (baixo) e Henry Claude Scott (guitarra). O músico planeja lançar seu álbum de estreia no final de 2021.

Ouça a seguir o single “Spider”.