Crédito: divulgação
 

Concebido no meio do caos da pandemia da COVID-19, o trio Quase-ilha disponibilizou nas plataformas digitais o single “Litoral”.

O lançamento é uma bela canção com raízes na MPB e na bossa nova, misturando elementos clássicos com o frescor da modernidade.

No projeto autoral formado por Mariana Camargo, Pedro Pinheiro Chagas e Thiago Pedroso, o piano se une à guitarra elétrica e presta homenagem ao passado sem deixar de olhar para o futuro.

Eles, que saíram do Brasil para se encontrar em Paris, estrearam no início de 2021 com a faixa “Coração Bomba”.

Quase-ilha: separados por um oceano

Mariana e Thiago continuam morando na capital francesa, mas Pedro se mudou para São Francisco, nos Estados Unidos. A distância não impediu a parceria de continuar e, amenizada por reuniões pelo Zoom, ela seguirá com a chegada em breve da canção “Lavagem da Madalena”.

“(Ela) nos tira do intimismo para as escadarias da igreja de Madeleine, em referência à tradicional lavagem do Bonfim, em Salvador, festa que há anos é adaptada no centro de Paris. Nessa batucada em homenagem a Gilberto Gil, com percussão de Vitor Cabral (que já tocou ao lado de Ed Motta, Black Alien etc), Mariana de novo surpreende e mostra que não tem medo dos agudos,” diz o trio sobre o próximo lançamento.

Já aguardamos por aqui!

 
Compartilhar