Guitarrista seminu Austrália
Reprodução/Facebook
 

Esse guitarrista australiano foi preso com… estilo.

Savas Caruso, que tem o costume de tocar guitarra na frente de sua garagem em Adelaide, recebeu denúncias por barulho há algumas semanas. Por isso, a polícia local emitiu uma “ordem de proteção ambiental” para que ele deixasse de tocar seu instrumento na rua por três dias.

Caruso, é claro, não respeitou a definição e acabou cometendo um crime — algo que teria sido previamente estabelecido na decisão anterior. O vídeo de sua apreensão foi publicado por ele mesmo, que também atende pelo nome de Subblet Hammer no Facebook.

No clipe, ele aparece tocando em um volume considerável, seminu, tudo isso enquanto a polícia desliga seus equipamentos e o leva para a prisão.

Como conta a Loudwire, Savas ficou preso por três dias, e agora uma petição foi criada contra os oficiais, que teriam usado “força física desnecessária” para apreender o músico, o tratando como “um criminoso perigoso”.

A justiça já teria arquivado o caso, alegando que Caruso não cometeu um crime e que a prisão foi, de fato, ilegal. Veja o vídeo abaixo.

LEIA TAMBÉM: Em 1969, Carlos Santana ficou tão chapado no Woodstock que achou que sua guitarra fosse uma cobra

Guitarrista seminu sendo preso

 
Compartilhar