Crédito: divulgação

A rapper brasileira MC Soffia venceu na última semana o prêmio CLAIFF23 na categoria Melhor Vídeo Musical pelo clipe de “Empoderada”.

O vídeo foi dirigido e roteirizado por Erotides Nai e este foi o primeiro prêmio internacional da jovem artista.

“Estou muito emocionada com o prêmio internacional que ganhei, é muito bom saber que minhas músicas são conhecidas no mundo. O clipe ‘Empoderada’ é especial pela mensagem para as meninas negras, pelo visual, coreografia, dançarinos, equipe de produção e o trabalho da diretora Erotides Nai, que ficou maravilhoso,” elogia Soffia.

“Ainda sou muito nova e sei das barreiras que tenho que enfrentar, machismo, racismo, invisibilidade das mulheres negras, mas não desisto porque acredito nos meus sonhos e amo música,” comenta MC Soffia, que apesar da pouca idade já batalha na carreira há dez anos.

Marcelo Correia

foto: reprodução

O cantor e compositor Marcelo Correia lançou a canção “Recomeço” em parceria com a Rede API (Rede de Apoio a Perdas Irreparáveis) e com o escritor Rafael Stein.

A letra se refere à pandemia da COVID-19 e tem o propósito de passar uma mensagem positiva para as pessoas que vivenciaram (ou ainda vivenciam) o luto por quem não sobreviveu à doença.

“Tudo começou em fevereiro deste ano, quando recebi um pedido da instituição para compor uma canção que carregasse a missão da instituição. Daí conheci o projeto, participei das rodas de conversa e fiquei encantado. Como não sou especialista no assunto, convidei meu amigo Rafael Stein, idealizador do blog ‘Cartas para Maria’, para compor”, explica o artista.

“E o resultado foi uma troca maravilhosa onde aprendi demais. Ter escrito a canção, estudado o luto profundamente me fez, de certa forma, dar mais valor ainda ao que fazemos em vida,” completa Marcelo, que era um executivo de multinacional até enfrentar a Síndrome de Burnout e decidir trocar o mundo dos negócios pelo das artes.

Rogério Baraquet

foto: divulgação

O cantor e compositor Rogério Baraquet disponibilizou nas plataformas de streaming o clipe de “Essa Canção”.

O vídeo foi gravado na Pinacoteca Benedicto Calixto de Santos e a canção tem inspiração na música dos anos 1970.

“O Paulo Maymone, de quem sou fã, me mandou a melodia dizendo ser ‘meio George Harrison’ e sugeriu uma parceria, afinal todo mundo sabe o quanto eu sou beatlemaníaco. A música trouxe à tona várias lembranças minhas dos anos 70 que eu completei a letra em menos de uma hora. Nem todo mundo teve o privilégio de viver esse período de músicas tão incríveis, de bailinhos na garagem e tudo mais, mas eu e o Paulo tivemos e juntos acabamos retratando perfeitamente o que representa ter vivenciado de verdade essa época,” comenta Rogério.

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!