Crédito: divulgação
 

O cantor e compositor Zuza Zapata, do norte fluminense, disponibilizou nas plataformas digitais o EP Animal Alado.

O compacto apresenta sete faixas que misturam um toque de brasilidade ao rock alternativo dos anos 1980 inspirado em The Smiths, The Cure e Cazuza.

“Vejo que o disco surgiu num momento de muita angústia, tanto em relação à vida pessoal quanto à carreira artística. Por isso, Animal Alado reflete sobre a importância de estar feliz consigo mesmo, compreendendo as nossas qualidades e defeitos. Espero que este trabalho possa tocar o coração das pessoas, trazendo-as para toda a minha odisseia poética,” comenta Zuza, que gravou um vídeo arte para cada música do trabalho.

Animal Alado é um projeto viabilizado pela Lei Aldir Blanc, contando com recursos do Governo Federal e do Estado do Rio de Janeiro, através da Secretaria de Cultura e Economia Criativa.

Na carreira, o artista tem outros dois discos: Crônica de Ontem e Outras Saudades (2014) e Zuza Zapata (2010).

André Balboni

foto: divulgação

O professor, produtor musical e compositor André Balboni lançou nas plataformas de streaming o disco Satie for Lovers.

Estudioso da relação entre a música e a filosofia, no álbum composto por oito faixas o brasileiro faz releituras da obra de Erik Satie, compositor francês do início de século XX que utilizou os ideais estéticos dadaístas como ponto de partida para criar uma forma primordial de música ambiente, ou “música-mobília”.

Conforme o próprio Satie descrevera, este era um tipo de som que poderia, por exemplo, ser executado durante um jantar e funcionar apenas como música de fundo.

Anteriormente, André, que já realizou trilhas para filmes, documentários e espetáculos de dança trabalhando com produtoras renomadas (O2 Filmes) e canais de TV (GNT/Globo), liberou o disco Ser-Tao (2020).

Getulio Nascimento

foto: divulgação

O cantor e compositor Getulio Nascimento lançou o disco Eu Vim. O álbum apresenta dez músicas, incluindo os singles “Menina”, “Lua Nova”, “Chuva”, “Sonsa”, “Ode aos Anos 80”, “Tudo que Eu Fiz” e a faixa-título.