Axl Rose em entrevista de 1988
Reprodução/YouTube
 

A transição entre o final dos anos 80 e o início dos anos 90 dentro do Rock foi marcada pela ascensão meteórica do Guns N’ Roses, e é claro que a personalidade irreverente de seus integrantes — em especial Axl Rose — era sempre algo que colaborava para voltar as atenções ao grupo.

Lá em 1988, ainda surfando na onda de Appetite for Destruction, a banda foi se apresentar no lendário festival Monsters of Rock em Donington, no Reino Unido, e era uma das “menores” bandas de um cartaz que contava com Iron Maiden, KISS, David Lee RothMegadeth Helloween.

Mesmo assim, Axl não se intimidou ao conceder entrevista no festival e soltou o verbo contra as duas atrações principais do evento quando questionado se havia qualquer semelhança entre o Guns e as outras bandas:

Talvez apenas na atitude. E alguns, digo… o [David Lee] Roth fez todo tipo de material, eu gosto do KISS nos seus primeiros dias, sabe… eu acho que a única coisa que temos em comum com o KISS agora é que eles gostam de ganhar dinheiro e gostam de garotas, mas no que diz respeito à música deles, basicamente [ela] está em segundo plano com relação aos seus outros desejos. Nossa música vem em primeiro lugar.

Quando a pergunta se torna especificamente sobre o Iron Maiden, é aí que Rose realmente não se conteve:

Eu espero que não [tenhamos nada parecido com o Iron]. [bebe refrigerante] Eu não sei se temos ou não. Digo, eles são caras legais, mas é como se fôssemos organizações políticas. Sua banda é como algo político, e a sua música e seu álbum são como suas posições políticas. Bem, a deles é completamente diferente da nossa e acho que a deles não tem nada a ver com Rock and Roll, até onde eu sei. Nós somos uma banda de Rock and Roll. O que eles fazem é o que eles fazem, eu não sei o que é e eu espero nunca ser assim.

Então tá, né? Você pode ver o vídeo dessa entrevista com legendas em português (traduzidas diferentemente da nossa matéria) logo abaixo.

Axl Rose detonando KISS e Iron Maiden em entrevista