Cardi B rebate em português declaração de Mc Dricka sobre ela ser paga para ouvir funk
Foto via Shutterstock | Reprodução / YouTube
 

Não é segredo para ninguém que Cardi B tem um carinho especial pelo Brasil e em diversas ocasiões já compartilhou sua admiração pelo Funk.

Entre suas inúmeras demonstrações, ela participou da faixa “Me Gusta”, de Anitta no ano passado e, no início deste ano, a cantora incluiu um remix de “Wap”, feito por Pedro Sampaio, em sua performance no Grammy Awards. Na ocasião, ela foi criticada pelo produtor Rick Bonadio e defendida por Anitta.

Essa relação da rapper norte-americana com a música brasileira causou uma polêmica na noite desta quarta-feira (30), após um vídeo de MC Dricka começar a circular no Twitter.

Isso porque, no trecho divulgado, a funkeira comentava durante sua participação no podcast Podpah sobre sua admiração por Cardi e disse que gostaria de ser notada pela rapper, mas que não iria pagar por isso.

Com essa declaração, muitos interpretaram que Dricka sugeriu que a rapper recebia algum retorno financeiro para divulgar as músicas dos artistas brasileiros. No vídeo, a MC diz:

Ah, a mulher é a braba, mas será que ela [Cardi B] vai me notar um dia? Eu não quero pagar para ela me notar, isso é chato. Eu gosto quando as pessoas me notam.

Em seguida, antes de ficar um “climão” no local da gravação, a funkeira foi questionada pelo apresentador se esse acordo de pagamento existia e Dricka respondeu:

Tem. Você não sabia? É foda, mas vamos deixar em off.

Resposta de Cardi B

Sempre atenta aos assuntos que envolvem seu nome, Cardi B não demorou muito para surgir em sua conta do Twitter e comentar a declaração da cantora brasileira.

Para a surpresa dos fãs, a rapper fez suas publicações em português e pela escrita, é provável que ela tenha contado com a ajuda do recurso do Google Tradutor.

Em sua mensagem, Cardi foi logo esclarecendo que não era paga para ouvir e divulgar as músicas de Funk e aproveitou para revelar como foi seu primeiro contato com o famoso gênero brasileiro. Leia na íntegra o que a cantora escreveu, com algumas adaptações para corrigir as falhas do tradutor:

Não é verdade. A primeira vez que eu ouvi uma música de Funk foi quando um fã me marcou em um post de “Onda Diferente” [Anitta feat. Ludmilla e Snoop Dogg]. Eu comecei a ouvir as duas artistas e, quando a música acabou, músicas diferentes começaram a tocar, foi quando eu escutei as músicas de Kevin o Chris e de outros artistas.

Quando vejo videoclipes, vejo várias danças de funk. Quando você pesquisa “dança funk” no YouTube, aparece o Bonde das Maravilhas e, meu Deus, eu amo tanto a música delas. Eu não sei muito sobre o Funk e seus artistas e também não entendo português, mas adoro.

Meu corpo e espírito sentem. A música é incrível. Você pode não entender as palavras, mas o ritmo domina a sua alma. Eu amo o Funk.

Quem ficou muito feliz por ter sido citado por Cardi B foi o ótimo Kevin o Chris. O funkeiro respondeu ao Tweet da rapper se mostrando feliz e incluiu um vídeo da artista dançando a música “Tipo Gin” que, pelo menos segundo sua legenda, ele parece não ter certeza se foi uma montagem ou não.

Bom demais saber que tu ouve minhas músicas Cardi! Você é referência.

Já MC Dricka não respondeu nenhuma das publicações da cantora norte-americana, mas declarou em seu Twitter que não iria mais fofocar e preferiu esclarecer sua fala no podcast, dizendo:

Não desmereci meu Funk! Pois com ele fui pra Times, me expressei de uma forma que muitos não entenderam!! Se não acontece com todos “$$” dahora! Mas comigo aconteceu, obrigada de nada.

Confira as publicações dos artistas abaixo.

 
Compartilhar