Britney Spears
Foto: Flickr/hnkkk
 

Infelizmente, a situação de Britney Spears parece se complicar mais a cada momento.

Mesmo com uma chuva de apoio nas redes sociais com a #FreeBritney — que chegou até a ser estampada no Congresso Nacional, de Brasília —, a cantora não conseguiu uma decisão favorável na Justiça no caso em que pede o fim da tutela de seu pai, Jamie Spears, sobre a sua vida.

A juíza Brenda Penny foi a responsável pela decisão que estava sendo julgada desde Novembro de 2020, de acordo com a NPR. Não há informações sobre o que levou a essa conclusão, uma vez que a própria Britney falou com o tribunal e fez revelações chocantes como, por exemplo, a de que não poderia nem escolher qual tipo de método anticoncepcional utilizar e outras decisões que envolviam seu próprio corpo.

Há uma nova audiência no caso marcada para o dia 14 de Julho, e é possível que nessa ocasião a cantora peça para que a tutela seja finalizada — ela descobriu essa opção recentemente, e inclusive falou sobre isso à juíza, pedindo desculpas por não saber disso anteriormente.

Pai de Britney Spears pede investigações

Como se a situação já não fosse ruim o suficiente, a Pitchfork reporta que Jamie Spears é quem está lançando uma investigação agora para que sejam analisadas as falas e acusações de Britney nos últimos dias.

The New York Times obteve acesso a documentos que implicam que Jamie estaria desconfiado da influência de Jodi Montgomery, que assumiu uma função de tutela pessoal em 2019, em tentar obter controle total da vida da cantora. Vale ressaltar que a maioria das acusações feitas por ela precedem esse fato.

Ainda nesses documentos, os advogados de Jamie dizem que é “fundamental que a Corte confirme se o testemunho da Sra. Spears foi preciso ou não para determinar quais ações corretivas” devem ser tomadas.

Esperamos que tudo isso se resolva o mais rápido possível.

 
Compartilhar