Bob Bryar, My Chemical Romance
Foto via Wikimedia Commons
 

Bob Bryar, ex-baterista do My Chemical Romance, está leiloando seu último kit de bateria usado em seu tempo com a banda.

O baterista também afirmou estar desistindo de uma vez por todas da carreira musical e vai vender o instrumento usado no clipe do clássico “Helena”.

Bryar esteve no grupo entre 2004 e 2010, entrando durante a época do disco Three Cheers for Sweet Revenge. Desde então, não esteve em mais projetos musicais e também sumiu das redes sociais há algum tempo.

Ressuscitando sua conta no Twitter, Bob anunciou o leilão e afirmou, ainda, que todo o dinheiro da venda vai para um abrigo de animais em Franklin, no Tennessee, Estados Unidos. Em sua carta aberta, o músico de 41 anos de idade disse:

Oi amigos.

Faz algum tempo. Espero que todos estejam bem.

Estou permanentemente encerrando meus dias de bateria. Tenho muitos problemas no pulso, estou muito velho, muito gordo e é hora de algo novo.

Acabei de colocar meu último kit de bateria, o kit de ‘Helena’, no eBay. Assim como os outros kits, o dinheiro irá para o Centro de Controle e Adoção de Animais do Condado de Williamson.

Todos os detalhes e fotos estão no post do eBay. Se eu conseguir descobrir a senha, colocarei mais fotos no Instagram, @bcbryar.

Eu sinto muito a falta de todos vocês!

Até o momento desta publicação, o maior lance oferecido pelo kit é de mais de R$ 27 mil (U$ 5.320). A página do eBay ainda dá mais detalhes sobre o instrumento, e Bob promete que vai incluir mais alguns itens para quem comprá-lo.

Continua após o vídeo

Bob Bryar e o My Chemical Romance

Bryar deixou a banda em 2010, pouco antes do lançamento de Danger Days: The True Lives of the Fabulous Killjoys. Apesar de seu nome aparecer nos créditos de composição, ele não tocou de fato no disco.

Desde sua saída, que teve a ver com seus problemas no pulso e problemas de relacionamento com outros membros da banda, Bob compartilhou pouco sobre sua vida, mas deu algumas pistas do que tem feito.

Além de estar envolvido com o ativismo animal, Bryar ainda trabalhou como corretor de imóveis nos últimos anos. Em raras entrevistas, ele ainda revelou problemas com depressão e pensamentos suicidas após sua saída do grupo, além de lidar com o vício em drogas.

Já o My Chemical Romance chegou ao fim em 2013, mas retornou à ativa em 2019. A banda tinha shows marcados para o ano passado, cancelados pela pandemia — a turnê de reunião foi adiada para 2022.

 
Compartilhar