Público de festival
 

De acordo com pesquisa divulgada por cientistas que estão trabalhando para o governo do Reino Unido, pouquíssimas pessoas testaram positivo para COVID-19 após participarem de eventos teste.

Segundo o jornal The Independent, os profissionais trabalham desde Fevereiro para obter dados satisfatórios e no mês passado publicaram o primeiro resultado.

Foram estudados nove eventos entre Abril e Maio que reuniram um total de 58 mil pessoas. Destas, apenas 28 testaram positivo para COVID.

Porém, os cientistas alertam que os números precisam ser encarados com “extrema cautela” pois somente 15% dos presentes fizeram exames de PCR depois de participarem dos festivais, apresentações e competições esportivas.

Atraso na publicação de resultados

A divulgação do estudo chega após uma onda de críticas ao governo britânico no que diz respeito a falhas na publicação de resultados destes eventos teste. Sendo assim, festivais seguem sendo cancelados, como o Kendall Calling, que na semana passada anunciou que não será realizado no mês que vem.

“O cancelamento do Kendal Calling é de cortar o coração e, assim como tantos outros festivais cancelados, era completamente possível de se evitar,” lamentou em entrevista a NME o CEO da Association of Independent Festivals, Paul Reed.

“A indústria dos festivais de música ao vivo passou meses participando e investindo nesses eventos teste para desenvolver formas racionais de retomar as atividades. O governo agora atrasa a publicação desses resultados. Nós exigimos transparência total na divulgações destes relatórios, que vão indicar como nós podemos reabrir,” completou o executivo.

Uma segunda fase de eventos teste também foi completada e deve conter dados de jogos da Eurocopa realizados no Wembley Stadium, além do Download Festival e Royal Ascot.

LEIA MAIS: Foo Fighters lucra milhões com primeiro grande show após pandemia

 
Compartilhar