Crédito: Sergio Blazer
 

A banda Melim lançou um álbum em homenagem à obra de Djavan. O disco leva o título Deixa Vir do Coração, em referência ao clássico “Se”, que abre o novo trabalho de estúdio.

Composto por 13 canções que perpassam os grandes momentos de um dos maiores nomes da MPB, o álbum traz releituras de hits como “Oceano”, “Flor de Lis”, “Linha do Equador”, “Eu Te Devoro” e “Lilás”.

Já a versão do trio para “Outono” conta com a participação mais que especial do próprio homenageado. Explicando a ideia do projeto, Gabi Melim falou:

Foi numa conversa no carro com meus irmãos que nós três decidimos gravar um disco em homenagem ao Djavan. Me lembro de falar sobre conexão e vontade de realizar algo que batesse meu coração. Djavan está em tudo e a influência dele na nossa música é muito forte.

Diogo Melim complementou:

Ele sempre foi o nosso ‘bam bam bam’ da música, citado religiosamente em todas as entrevistas, além de ser a trilha sonora oficial das turnês, pelas vans, ônibus e after shows nos quartos de hotéis. Acredito que essa homenagem aconteceria mais cedo ou mais tarde.

Filho de Djavan sugeriu o nome do disco

Rodrigo Melim revela que o título Deixa Vir Do Coração foi ideia do produtor musical Max Viana, filho de Djavan:

Max Viana é um cara que além de muito talentoso é muito vibe boa, humilde e dedicado. A escolha do Max para produzir veio do fato de ele conhecer muito bem a obra do pai por completo, tocou por anos na estrada e nos trouxe a segurança de que a homenagem agradaria ao Djavan, que escolheríamos as músicas certas e que cantaríamos com exatidão todas as letras, melodias e harmonias vocais.

Clipes no YouTube

O lançamento da Universal Music também ganhou registros audiovisuais gravados no Reuel Studios, no Rio de Janeiro, sob a direção de Ricardo Melchiades.

Já foram liberados no YouTube quatro vídeos e os próximos serão disponibilizados em blocos semanais.

O disco traz ainda a participação de Juliano Moreira em “Nem um Dia”, detalhada por Rodrigo:

Além de ser o cara que nos inspira diariamente a escutar Djavan, ele conhece muito da MPB e disse que ficou muito feliz com o convite. A música que cantamos juntos foi ‘Nem um dia’ e soa quase como uma celebração. Tem muito carinho envolvido.

Gabi termina analisando a fusão do trabalho do grupo niteroiense com o artista alagoano e como ela pode transcender:

O mais bonito de tudo é ver que de alguma forma podemos ser o canal de conexão para o público mais jovem que não conhece a fundo a obra do Djavan, sermos porta-vozes de composições atemporais de tanta riqueza musical e consistência. É um álbum-homenagem de coração, voz e violão ao vivo, a esse artista que é tão importante para nós, para a música e para o mundo.

Você pode conferir vídeos do clipe abaixo, inclusive da versão de “Outono” que conta com a participação do próprio Djavan, e pode também ouvir o disco na íntegra.

Ouça o novo álbum do Melim!