Discurso de Emicida sobre substituir o termo
Reprodução / Twitter
 

Emicida foi aclamado nas redes sociais nas últimas horas após explicar o motivo dele substituir a palavra “elite” por “burguesia” quando se refere a pessoas que possuem um maior acúmulo de dinheiro.

O rapper falou sobre o assunto durante o programa Papo de Segunda, do GNT, na noite da última segunda-feira (7), enquanto conversava com o convidado Luciano Huck e os outros apresentadores.

Luciano participou do programa para lançar seu novo documentário 2021, o Ano que Não Começou, que aborda temas como desigualdade, educação, capitalismo, racismo e antirracismo, política, pobreza, tecnologia e família.

Após uma fala do apresentador do Caldeirão do Huck sobre fazer com que o “1% da elite brasileira, que sempre foi acusada de inação quando se fala em relação à redução de desigualdade”, passe a se comprometer como parte de uma solução, Emicida expôs sua opinião sobre o termo “elite” e como ele se sente com relação ao ponto apresentado por Huck:

Eu tenho minhas dúvidas quando escuto o Luciano falar desse convite a esse 1% e dessa pré-disposição de alguma forma, desse 1% participar dessa redistribuição de riqueza, porque não faltaram oportunidades em conjunturas melhores para que esse 1% participasse dessa discussão e realmente pegasse as rédeas, inclusive até a palavra que eu utilizo é outra.

Eu não utilizo a palavra elite porque o significado da palavra elite é ‘o que uma categoria tem de melhor’. Se referir a pessoas que tem dinheiro somente como a elite da categoria humana, parece que a pirâmide da humanidade é definida pelo acúmulo. Então eu acho que a palavra correta para isso é burguesia, porque a diferença dessas pessoas para as outras é o dinheiro, e [para] várias dessas pessoas a única coisa que [elas] têm é o dinheiro.

O rapper ainda apontou que muitas pessoas justificam a existência do sistema com aqueles que se tornaram bem-sucedidos, quando na verdade deveríamos estar olhando também para os que ficaram no meio do caminho por inúmeros motivos impostos pela própria sociedade:

A imagem que vem na minha cabeça é sempre assim: imagina que você tá num penhasco, contemplando uma imagem maravilhosa e vem alguém e te empurra desse penhasco, aí você se lasca todo, uma pá de desgraça te abateu, e você consegue colocar a mão na penhasco de novo e a pessoa que te empurrou fala assim: ‘tá vendo, fiz isso aí pra te mostrar seu potencial’.

Essa gratidão que as pessoas tentam impor para pessoas como eu, não houve um protocolo, um cadastro que eu assinasse e dissesse: ‘eu escolho esse sistema econômico’, eu nasci dentro dele e tive que me debruçar e infelizmente, infelizmente, pra cada Emicida que chega até aqui, quantos vão para a vala?

Após o vídeo da fala de Emicida ser disponibilizado na conta do Twitter do GNT, o próprio Luciano Huck compartilhou a postagem e escreveu:

Com a palavra Emicida. Sempre lúcido e inteligente. Sou fã.

Cerca de 13 mil e 500 pessoas curtiram o vídeo com o discurso do cantor que continua viralizando e recebendo inúmeros elogios, como você pode ver aqui.

Confira abaixo o vídeo com a fala completa de Emicida e a postagem de Huck.