Pop Smoke
Foto via Wikimedia Commons
Ouça a Playlist Climão de Dia dos Namorados!   Ouça o novo álbum do Melim!  

Depois do empresário Rico Beats sugerir no mês passado um segundo disco póstumo de Pop Smoke, morto aos 20 anos no início de 2020, um outro empresário do rapper, Steven Victor, foi ao Twitter atualizar os fãs.

Ele escreveu em caixa alta as palavras “Pusha Album”, “Pop Smoke Album” e “Nigo Album” junto com diversos emojis de fogo e caras espantadas, indicando que também vêm aí novos discos de Pusha-T e Nigo.

Veja a postagem ao final da matéria!

Pop Smoke

Lançado em Julho do ano passado, o aclamado Shoot for the Stars Aim for the Moon já havia saído após o falecimento do artista.

O disco estreou na posição de número 1 da parada 200 da Billboard e se tornou o trabalho que permaneceu por mais tempo em primeiro lugar entre os títulos de Rap/Hip-Hop desde Please Hammer, Don’t Hurt Em, do M.C. Hammer, em 1990.

50 Cent, produtor executivo do álbum, falou recentemente se poderá estar também envolvido com o próximo:

Steven Victor conversou comigo sobre o novo disco, e eu não tenho certeza se participarei deste novo álbum. Eu só queria garantir que o anterior ficasse da forma como deveria ficar. Minhas interações com Pop era tipo ele olhava para mim e eu já sabia o que precisava fazer, e todo o resto funcionava com base no que eu estava dizendo.

No currículo, Pop Smoke, que carregava o nome de batismo Bashar Barakah Jackson, também tinha os discos Meet the Woo (2019) e Meet the Woo 2 (2020).

Morte repentina de Pop Smoke

O rapper americano Pop Smoke foi vítima de um assalto em sua casa em Los Angeles, nos Estados Unidos, na manhã do dia 19 de Fevereiro de 2020.

Nascido no Brooklyn, ele se destacou internacionalmente pelas parcerias com artistas como Nicki Minaj e Travis Scott.