David Gilmour e Roger Waters
Fotos via Wikimedia Commons
 

Nos últimos dias, falamos por aqui sobre como Roger Waters acusou David Gilmour de “censurar” uma história que faria parte da nova edição do disco Animals, lançado originalmente pelo Pink Floyd em 1977.

O texto eventualmente foi disponibilizado no site de Roger e o lançamento vai acontecer, mas a confusão entre os ex-colegas de banda continua firme. Aliás, ela já estava antes mesmo de Waters se pronunciar!

Gilmour falou com a Rolling Stone alguns dias antes da publicação do baixista e, agora que a entrevista foi ao ar, podemos ver que ele já tinha deixado bem clara qual era a sua perspectiva sobre essa situação:

Bom, um remix bem amável de ‘Animals’ foi feito, mas ‘alguém’ tentou forçar algumas notas no encarte dele que eu não aprovei e, bom, ‘alguém’ está batendo o pé e não deixando que [o disco] seja lançado.

Ainda no mesmo papo (via UCR), o guitarrista comentou que o Pink Floyd nunca foi de colocar notas em encartes e que isso só virou um problema porque “alguém quer colocá-las, e essa pessoa fez um jornalista escrever sobre, e eu não as aprovei”. Irônico, David ainda finalizou:

Você sabe como ele é, pobrezinho.

David Gilmour e Roger Waters

Caso ainda não tenha ficado claro, é bem improvável que a dupla chegue a alguma resolução no futuro próximo. Gilmour explicitou isso na entrevista, dizendo que há “muita desinformação” e que não quer ficar “respondendo cada pedaço de inverdade que eu ouço sobre mim e sobre o que estou fazendo”.

Reclamando de “pacotes de mentiras” divulgados com seu nome, David ainda garantiu que “tudo vai se acertar um dia de um jeito ou de outro”. Que situação, hein?

LEIA TAMBÉM: Músico de rua faz cover incrível de Pink Floyd e quase é parado pela polícia