Pete Townshend abandona palco em show do The Who
 

Pete Townshend, guitarrista do The Who, fez uma revelação bem surpreendente sobre sua sexualidade nos anos 60.

Falando com o The Daily Star (via NME), o lendário músico falou pela primeira vez que acredita ter levado uma vida pansexual naquela década, mas com o tempo acabou mudando e não se identifica mais dessa forma. Ele falou sobre isso enquanto respondia sobre “I’m a Boy”, single lançado pela banda em 1966:

Com ‘I’m a Boy’, é a ideia da masculinidade e a forma como os homens são vistos em uma época que eu constantemente me esqueço, ser homossexual, ser pansexual, como eu acho que eu provavelmente era, mas não sou mais. Mas eu acho que eu estava pronto para ir para a cama com qualquer um que quisesse ir comigo. Eu acho que eu esqueço que a homossexualidade ainda era ilegal, então essas aventuras tinham que ser expressadas em vinhetas de humor e ironia.

Dá uma outra perspectiva pra esse clássico, hein? Você pode relembrá-lo abaixo, inclusive conferindo a letra traduzida logo depois do vídeo.

The Who – “I’m a Boy”

Uma menina era chamada Jean Marie
Outra menininha era Felicity
Outra menininha era Sally Joy
A outra era eu, e eu sou um menino

Meu nome é Bill e eu não bato muito bem da cabeça
Elas praticam maquiagem no meu rosto
Sim, eu tenho sorte se eu conseguir calças para vestir
Passo noites tirando grampos do meu cabelo

Eu sou um menino, eu sou um menino
Mas minha mãe não vai admitir isso
Eu sou um menino, eu sou um menino
Mas se eu disser que sou, eu entendo

Ponha seu vestido, Jean Marie
Trance seu cabelo, Felicity
Pinte suas unhas, pequena Sally Joy
Coloque esta peruca, menininho

Eu sou um menino, eu sou um menino
Mas minha mãe não vai admitir isso
Eu sou um menino, eu sou um menino
Mas se eu disser que sou, eu entendo

Quero jogar críquete no campo
Andar de bicicleta na rua
Cortar-me e ver meu sangue
Quero voltar para casa todo coberto de lama

Eu sou um menino, eu sou um menino
Mas minha mãe não vai admitir isso
Eu sou um menino, eu sou um menino
Mas se eu disser que sou, eu entendo

 
Compartilhar