Marcelo D2
Divulgação
 

Mais cedo nesta segunda-feira (31), recebemos a notícia de que em plena pandemia — e sob ameaças de um novo pico de COVID-19 — o Brasil irá sediar a Copa América de 2021.

A competição intercontinental estava marcada para acontecer na Argentina, mas o aumento de casos no país vizinho fez com que as autoridades locais optassem por não realizar o evento a cerca de 15 dias de seu início. A CONMEBOL, entidade que organiza a competição, decidiu então procurar um novo país-sede e acabou encontrando o Brasil.

A decisão não caiu bem com muitos brasileiros, que citam preocupações com a situação do país e ainda reclamam das prioridades do atual governo, já que este parece mais determinado a responder pedidos da organização futebolística do que das organizações de saúde.

Marcelo D2 se pronuncia sobre Copa América no Brasil

Continua após o Tweet

Fã de futebol e grande representante da música brasileira, Marcelo D2 foi um dos que se pronunciou depois do anúncio feito nesta segunda.

Usando o Twitter, o cantor fez diversas críticas ao presidente Jair Bolsonaro, bradando inclusiva que “falta vacina, genocida desgraçado” e chamando o atual mandatário de “assassino” porque “aposta no caos [e] quer ver gente morrendo para continuar sua política de morte”.

Em uma de suas publicações, ironizou a realização da “Cepa” América, em referência à possibilidade de surgimento de novas mutações do vírus, com uma cena que realmente não parece nem um pouco distante dado o contexto atual:

Eu vejo o futuro: Brasil campeão da Cepa América depois de conseguir um resultado quase impossível de 6×0 em cima do Peru, em um jogo adiado pra saber o resultado da Argentina. Neymar desfila no carro da PM em uma Copacabana lotada de camisas da CBF contra a corrupção.

Complicado demais, hein? Você pode ver a publicação de D2 abaixo e vale muito a pena conferir também um vídeo espetacular com a manifestação do narrador Luís Roberto, da Rede Globo, sobre o tema.

 
Compartilhar