Corey Taylor
Divulgação
 

Se depender de Corey Taylor, o novo disco do Slipknot estará bem diferente.

Falando com Andy Hall (via Metal Hammer), o vocalista afirmou que está “pensando fora da caixa” nas gravações do trabalho e explicou um pouco mais sobre o processo que levou a banda às novas composições, citando também sua empolgação com o material que está por vir:

Nós temos algumas paradas bem legais, cara. Foi algo que nós meio que só começamos a chutar por aí, obviamente, na quarentena. E o Clown [o percussionista Shawn Crahan] me chamou. Ele falou, tipo, ‘Ei, a gente vai começar a trabalhar em umas músicas. Você topa?’ E eu fiquei, tipo, ‘É claro. Comece me mandando algumas paradas, e nós começamos a partir daí.’

Então eles começaram a fazer umas músicas IRADAS, cara, coisas muito legais que me fizeram pensar fora da minha própria caixa e me desafiar. E foi legal, porque eu fiquei empolgado de novo sobre explorar algumas coisas diferentes e não só ficar muito determinado no meu próprio pensamento mas pensar pra fora, tentando contar as histórias de outras pessoas novamente.

E é meio que onde eu estou indo com esse novo álbum do Slipknot — tentando contar as histórias de outras pessoas e não só as minhas. E está ficando muito irado, cara. Eu mal posso esperar pra que as pessoas ouçam.

Aí sim, hein? Vale lembrar que Corey lançou o seu primeiro disco solo em 2020, mostrando um novo lado de sua capacidade musical que pode estar sendo mais explorado no sucessor de We Are Not Your Kind (2019).

Novo disco do Slipknot

Quem também falou recentemente sobre a situação do Slipknot foi justamente o percussionista Shawn “Clown” Crahan. Ele comentou que a banda está fazendo “música de Deus” e se divertindo pra caramba no estúdio, como te contamos por aqui.

 
Compartilhar