LeBron James e Drake
Fotos via Wikimedia Commons
 

O astro do basquete LeBron James, jogador do Los Angeles Lakers, foi repreendido recentemente pela NBA por ter violado os protocolos da liga contra COVID-19 para ir a um evento com o rapper Drake.

Conforme conta o Bleacher Report, tratava-se de uma promoção da Tequila Lobos 1707, da qual LeBron é um investidor, e os dois fizeram uma sessão de fotos juntamente ao ator Michael B. Jordan antes da partida entre Lakers e Golden State Warriors, na quarta-feira.

Em comunicado, um representante da NBA garantiu que isso não vai significar uma punição para James:

É uma violação dos protocolos de comum acordo e, como fizemos em outras instâncias comparáveis ao redor da liga, tudo foi resolvido com a equipe.

Não houve divulgação sobre qual foi — se é que houve — punição a LeBron, mas a tendência é que não tenha havido uma grande preocupação com a situação devido à natureza do evento, que ocorreu em lugar aberto e exigiu um comprovante de vacinação ou teste negativo de COVID para participação.

LeBron James e vacina

Falando em vacina, aliás, LeBron está em meio a polêmicas por conta do imunizante. Ainda que não tenha se posicionado contrário à vacinação, o astro foi questionado na última sexta-feira e preferiu não revelar se tomou ou não as doses necessárias para se proteger da COVID.

Ele disse que é uma situação “particular”, que só diz respeito a ele e à sua família, e afirmou que “não é nada demais”, atraindo rumores de que teria uma posição contrária à ciência.

Complicado!

 
Compartilhar