Roteirista de
Reprodução / YouTube
Ouça a Playlist Climão de Dia dos Namorados!   Ouça o novo álbum do Melim!  

Recentemente o roteirista da famosa série Seinfeld e diretor de Borat, Larry Charles, comentou como ele imagina que os personagens amigos de Jerry estariam em pleno 2021.

Em uma entrevista ao podcast Fever Dreams do Daily Beast, Charles confessou que para ele Kramer, personagem de Michael Richards, seria um integrante do grupo que apoia a bizarríssima teoria da conspiração QAnon (via NME).

Quando eu pensei sobre como Seinfeld sobreviveria neste tipo de ambiente e neste ambiente de televisão, e eu olho em volta, penso em trazer esses personagens para o século 21, e… Kramer não seria… um cara que acredita no QAnon?

O roteirista está se referindo, de maneira geral, a um grupo da extrema direita que acredita na existência de uma teoria da conspiração sobre um grupo secreto apoiado por admiradores do Satanás e por pedófilos ricos dos Estados Unidos, a maioria deles ligados a opositores do ex-presidente Donald Trump.

Futuro dos personagens de Seinfeld

Aproveitando para também falar sobre o destino de outros personagens da sitcom americana, o diretor de Borat disse:

Elaine (Julia Louis-Dreyfus) pode ter se casado algumas vezes, ela provavelmente desenvolveu algum tipo de vício em remédios, entrou e saiu da reabilitação. E George (Jason Alexander) pode ter cometido suicídio agora, francamente.

Sobre Jerry, o protagonista de Seinfeld, Larry Charles disse que ele deveria estar muito ocupado afundando seu dinheiro em automóveis raros enquanto alegava estar “no espectro” sem um diagnóstico formal de autismo. Além disso, ele estaria se relacionando com mulheres 20 anos mais novas que ele.

LEIA TAMBÉM: O dia em que o Kramer, de Seinfeld, entregou um prêmio para o Nirvana