Paul McCartney
Foto por Mary McCartney
 

Há exatos 30 anos, Paul McCartney voltava a ser um pioneiro da música depois de lançar Unplugged: The Official Bootleg, o primeiro Acústico MTV da história.

Foi em Janeiro de 1991 que o ex-Beatle se apresentou no programa da emissora norte-americana, que até então era bem pouco conhecido e não tinha nem uma fração da popularidade que veio a ter anos depois — em especial com o sucesso das bandas Grunge, que fizeram performances espetaculares no formato.

Na época, Macca encarou a apresentação como um retorno às raízes. Tocando várias raridades e covers — que compõem metade do trabalho, aliás —, o britânico se sentiu em casa e pareceu curtir cada momento como se estivesse nos primórdios dos Beatles. Talvez por isso a vontade de lançar uma gravação da apresentação tenha sido tão grande.

Paul McCartney e o Acústico MTV

Claro que também não faltaram hits da carreira de Paul durante a performance, como “Here, There and Everywhere” e “We Can Work It Out”, além da icônica “I’ve Just Seen a Face” em uma versão pra lá de espetacular.

Foi justamente essa mistura de raridades e clássicos que chamou tanta atenção e fez com que o programa disparasse em popularidade. Ao mesmo tempo, o fato do músico ter lançado um disco com a gravação foi definitivamente o ponto de virada — o enorme impacto que isso teve viu outras bandas ficarem atraídas pela oportunidade, o que naturalmente também incentivou a MTV a investir mais no formato.

Daí pra frente, você já sabe: o Acústico MTV foi virando cada vez mais uma superprodução e se transformou em um dos eventos mais importantes da música, em especial nos anos 90 e 2000.

LEIA TAMBÉM: Site elege os 10 melhores episódios do Acústico MTV dos EUA

 
Compartilhar