MC Kevin
Reprodução/Instagram
Ouça a Playlist Climão de Dia dos Namorados!   Ouça o novo álbum do Melim!  

Neste último domingo (16), a morte do MC Kevin chocou o Brasil por suas circunstâncias chocantes.

Após uma série de informações desencontradas, foram estabelecidos alguns fatos sobre o falecimento do músico: ele caiu do 5º andar de um hotel no Rio de Janeiro no vão entre a piscina e o bar do local, sendo socorrido mas perdendo a vida pouco depois.

No entanto, ainda restam muitas questões e diversas versões vêm surgindo para explicá-las. Segundo o Extra, um novo depoimento fornecido à polícia parece ter ajudado a esclarecer o contexto da morte do cantor de 23 anos de idade, que havia se apresentado na capital carioca no dia anterior.

O testemunho foi dado pela modelo fitness Bianca Domingues e pelo funkeiro Victor Elias Fontenelle. Ambos estavam junto de Kevin no quarto 502 do hotel e relataram a mesma história: eles teriam tido relações sexuais no quarto e, em seguida, Bianca teria ido até a varanda com Kevin para fazer sexo com ele.

Acontece que o músico estava sendo procurado pela esposa, a advogada Deolane Bezerra, e teria recebido a sugestão de um amigo para pular até o apartamento de baixo na tentativa de evitar que ela descobrisse a traição. As informações policiais, no entanto, mostram que Deolane nunca chegou a deixar o quarto 1302, onde estava hospedada com o marido.

Morte de MC Kevin

Essa versão não é a única que circula, mas Bianca é vista como a testemunha-chave para o caso. Em seu Instagram, aliás, a modelo afirma que viu “tudo” e garantiu que a morte “foi um acidente” e lhe deixou “em choque”.

Algumas outras teorias investigadas pela polícia incluem, por exemplo, uma em que o músico teria pulado para tentar chegar até a piscina do hotel. Também circulam relatos de que Kevin e a esposa teriam tido briga feia antes do falecimento do cantor, apontando para mais possibilidades.

A polícia também pediu um exame toxicológico ao IML para tentar confirmar os relatos de que Kevin teria ingerido drogas e álcool em grande quantidade durante as horas que precederam a sua morte.

Ficamos no aguardo de novas informações da investigação.

 
 
Compartilhar