Sound Bullet
Foto: Pedro Guarilha
 

Ainda em 2019, a Sound Bullet abriu os caminhos para o excelente álbum Home Ghost (2020) com o clipe de “Shabby” que você pode conferir clicando aqui. Agora, o grupo está de volta para fechar o ciclo do trabalho com a chegada de “Phoenix“.

Na mitologia, a fênix é um símbolo de términos e recomeços. Com a canção inspirada pela história, a banda carioca se despede de seu segundo disco de estúdio. O registro marcou sua estreia pela Sony Music Brasil e um amadurecimento na sonoridade do grupo, sempre guiada pelo math rock, post-punk revival, alternativo e indie.

Novo clipe da Sound Bullet

Com direção e produção assinadas por Lucas Bellator, o videoclipe do novo single traz uma conclusão para a história de como lidar com a solidão e ansiedades levantada no primeiro clipe “Shabby”, resume o vocalista e guitarrista Guilherme Gonzalez.

O clipe termina a história que começa em ‘Shabby’, primeiro single do álbum. Nossa personagem principal, Phoenix, espalha o novo, convencendo pessoas em seu caminho a conhecerem também o que ela traz. Ao mesmo tempo, um outro personagem a persegue, não sabemos por qual motivo.

Nessa busca – sem saber como chegar a ela – ele vai encontrando os sinais que o levam até seu último local conhecido. Acho que, além da história criada e contada pelo pessoal, serve como uma analogia para como o novo sempre encontra seu lugar, ultrapassando o velho sem ter suas amarras.

Além de Guilherme, a Sound Bullet conta com Fred Mattos (baixo), Rodrigo Tak-ming (guitarra), Henrique Wuensch (guitarra e synth) e Pedro Mesquita (bateria). O existir dentro da sociedade, ao lado dos relacionamentos com o mundo e a busca por uma paz interna, dão a tônica do segundo disco do grupo, um passo além nos temas explorados no álbum de estreia Terreno, de 2017, que olhava muito para o mundo externo.

Novo álbum a caminho!

Com o primeiro trabalho, a Sound Bullet circulou por diversas regiões do Brasil e venceu o concurso EDP Live Bands de 2018, que garantiu uma apresentação em um dos maiores festivais de música da Europa, o NOS Alive, além de um contrato com a Sony Music. A gravadora lançará também o seu próximo disco, antecipa Guilherme.

Acho que esse vídeo é uma boa conclusão para todo o projeto. Ficamos um pouco tristes de não podermos tocar ao vivo o disco, mas um dia conseguiremos com certeza. Agora, nos preparamos para trabalhar um álbum em português e alguns singles no caminho. Ainda não temos um nome ou uma data específica, mas ainda esse ano vamos lançar músicas novas.

Assista a seguir ao clipe de “Phoenix”.

 
Compartilhar