MF Doom - rapper
Foto: Divulgação
 

Morto em Outubro do ano passado, o rapper britânico naturalizado americano Daniel Dumile, mais conhecido como MF DOOM, ganhou o álbum póstumo Super What?, em mais uma parceria com o grupo de Hip Hop Czarface.

Em 2018, eles já haviam liberado o disco colaborativo Czarface Meets Metal Face, em referência à aparência de DOOM, que aparecia publicamente com uma máscara de metal no rosto.

Ninguém esperava pelo lançamento até que o Czarface anunciou o trabalho de estúdio na última quarta-feira (5) e a novidade causou uma verdadeira comoção entre os fãs.

A postagem diz que o novo trabalho de estúdio seria inicialmente lançado em Abril de 2020, quando o rapper ainda estava vivo, mas a pandemia da COVID-19 estragou os seus planos.

Novo Disco de MF DOOM

“O que você vai ouvir foi finalizado, mixado e masterizado no verão de 2020, e é nossa honra e privilégio compartilhar com vocês na sexta. Eu falo por todos os envolvidos quando eu digo que nós nos sentimos extremamente gratos por ter colaborado com o DOOM. Ele era um tipo raro, um insubstituível MC, produtor e visionário. Nós desejamos paz e cura para a família dele, amigos e todos os outros tocados pelos presentes que ele compartilhou com o planeta. MF DOOM PARA SEMPRE!”.

Super What?, que também está disponível em vinil e CD, apresenta dez faixas e traz participações especiais como DMC, que também já faleceu, Del the Funky Homosapien, Kendra Morris e Godforbid.

Apesar de ter falecido em 31 Outubro de 2020, a morte de MF DOOM foi compartilhada pela esposa do rapper somente em 31 de Dezembro, ou seja, dois meses depois.

Antes de sua passagem, o músico fez um remix para a canção “Tonight May Have To Last Me All My Life”, do The Avalanches.

Weezer

Weezer em São Paulo, 2019
Foto por Aline Krupkoski

Em homenagem ao saudoso Eddie Van Halen, o Weezer nomeou seu mais recente álbum como Van Weezer.

O disco sucede Ok Human, divulgado em Janeiro deste ano, o que prova o ritmo acelerado de produção do grupo liderado por Rievers Cuomo.

O disco apresenta dez faixas inspiradas em bandas clássicas como Black Sabbath, Metallica e Aerosmith, carregando uma sonoridade que transita entre as décadas de 1970 e 1980. Não faltam solos grandiosos, batidas eletrizantes e melodias grudentas.