limonge-desconstruindo-mitos
Créditos: Venes Caitano
 

O cantor e compositor paulista Limonge escolheu uma data peculiar e sugestiva para lançar o seu novo álbum: 24 de Abril, quando comemora-se, oficialmente, no Brasil o Dia do Boi, ou melhor, “Dia do Gado”, como os fazendeiros costumam nomear a data.

Aproveitando-se da ironia, o artista soltou o disco Desconstruindo Mitos nas plataformas de streaming e, só pelo título, já é possível ter uma ideia da temática que permeia a obra.

Limonge desconstruindo mitos

Entre as 10 faixas que compõem o registro incluindo o single “O Novo Hino Nacional“, que você viu por aqui , o tom oscila entre a revolta e o questionamento, acompanhando diversos assuntos vistos de forma recorrente nos últimos anos, principalmente após o início da pandemia.

Para transformar toda angústia gerada pelo atual governo em música, Limonge explorou uma espécie de folk rock de protesto, o que, convenhamos, não é muito comum, já que a maioria das músicas com essa temática pendem para o punk e o rock pesado.

Segundo o músico, a ideia era construir um álbum que representasse o que ele sentiu em cada momento desse período de quarentena. Limonge conta que o álbum vai emulando algumas passagens dividas em capítulos e explica sobre o andar dessa história:

Da 1ª a 3ª música, a revolta ao ver um governo negacionista agindo de forma oposta ao bom senso; da 4ª a 6ª, a raiva vira ironia, o questionamento não é mais feito de forma raivosa, mas em tom beirando o humor, quase nonsense, assim como as atitudes do governo; da 7ª a 9ª, a alegria cai por terra, é a tristeza que predomina e o questionamento se torna mais profundo, permeando principalmente a religião, que teve papel fundamental (a parte radical conservadora pelo menos) para agravar ainda mais a situação.

Por fim, a ultima música pede que tudo que foi visto e vivido se torne aprendizado, pra que a gente consiga enxergar e evoluir, afinal, não dá pra mudar o passado, mas dá pra tentar fazer um futuro melhor.

O trabalho foi gravado em casa, durante a pandemia, entre 2020 e 2021, e contou com produção do próprio Limonge em parceria com Bruno Scarabotto, que assina também a mixagem e masterização. O guitarrista Sérgio Filho marca participação especial na faixa “Às Armas“.

Para completar todo o conceito de Desconstruindo Mitos, o lançamento contou com artes exclusivas criadas pelo ilustrador Venes Caitano (Carta Capital/Folha), com cada música ganhando um cartum próprio e a capa do disco sendo a junção de todos eles.

Você pode conferir o álbum completo nos players a seguir.