Daniel Ek
Foto por Magnus Höji / Creative Commons
 

Na semana passada comentamos por aqui que Daniel Ek, o CEO do Spotify, gerou uma certa polêmica após demonstrar interesse em comprar o Arsenal, tradicional time de futebol da Inglaterra.

Afirmando ser fã do clube de futebol desde criança, o empreendedor sueco aproveitou a repercussão sobre o projeto da Superliga Europeia para declarar seu interesse.

Ao que tudo indica, Ek está de fato se movimentando para garantir a compra do Arsenal e disse recentemente que garantiu um financiamento para fazer uma oferta.

Daniel Ek, Spotify e compra do Arsenal

Apesar da dedicação de Ek, a Kroenke Sports Enterprises divulgou um comunicado na última terça-feira (27) informando que não tem intenção de vender o clube e não aceitará nenhuma oferta (via Digital Music News).

A ESPN informou na última segunda-feira (26) que pelo menos três ex-jogadores do time – Thierry Henry, Dennis Bergkamp e Patrick Vieira – também estão se organizando para apresentar uma oferta formal nas próximas semanas.

Em uma entrevista à CNBC, Daniel disse que está pronto para testar a determinação do KSE em não vender o time.

Sou torcedor do Arsenal desde os 8 anos de idade. O Arsenal é o meu time. Eu amo a história, amo os jogadores e, claro, amo os fãs. Olhando para isso, vejo uma tremenda oportunidade de definir uma visão real para o clube e trazê-lo de volta à sua glória. Eu quero estabelecer confiança com os fãs e quero me envolver com eles novamente. Estou falando muito sério.

Muitos músicos criticaram a postura de Ek em estar se dedicando à compra de um time enquanto ele poderia estar trabalhando em melhorias financeiras no Spotify, que já vêm sendo cobradas há um bom tempo.

Inclusive, o serviço de streaming anunciou um aumento de preços considerável em suas assinaturas aqui no Brasil e em todo o mundo, mas não deixaram claro se isso resultará em royalties mais elevados para os artistas que disponibilizam suas músicas na plataforma.

Enquanto a questão do Spotify e da remuneração dos artistas é deixada de lado, Daniel Ek segue se preparando para tentar comprar o clube de futebol.

Tudo o que posso fazer é preparar o que considero uma oferta muito atenciosa, apresentá-la a eles e esperar que me ouçam. Eu me concentro apenas no clube, me concentro nos torcedores e me concentro em tentar trazer o clube de volta à glória. Sou, antes de mais nada, um fã. Isso é o mais importante para mim e quero que o clube faça melhor; esse é o meu principal interesse.

Segundo o DMN, o diretor do Arsenal Josh Kroenke disse à sua equipe que a KSE não irá aceitar nenhuma oferta para vender o time, incluindo a do proprietário do Spotify.

 
 
Compartilhar