NFT de Chadwick Boseman para o Oscar
Reprodução/Twitter
 

Como é tradicional nas cerimônias do Oscar, a edição de 2021 também teve uma “sacolinha de presentes” avaliada em milhões de dólares para os indicados às principais categorias. A novidade, no entanto, foi a presença da tecnologia do momento — NFT.

Conforme foi publicado no Twitter de Andre O’Shea, artista responsável por uma das artes que foi enviada como brinde e que homenageava o saudoso Chadwick Boseman, o novo formato tem tudo a ver com a proposta do evento:

A [melhor] forma de imortalizar um artista é honrá-lo com a arte.

Para isso, O’Shea criou um busto de ouro baseado no ator que acabou não ganhando o prêmio de Melhor Ator, apesar de ter sido indicado por A Voz Suprema do Blues. Ele foi superado por Anthony Hopkins, que também ganhou um pacote contendo a NFT assim como todos os 25 candidatos aos prêmios de Melhor Ator (Principal e Coadjuvante), Atriz (Principal e Coadjuvante) e Diretor.

Vale lembrar que essa prática não é feita pelo Oscar em si, mas por empresas sem afiliação com a Academia; a ideia é dar um prêmio a todos os que chegaram nesse nível tão alto, e por isso mesmo a coleção é chamada de “Everybody Wins” — “Todo Mundo Ganha”.

Você pode ver mais informações na página oficial da coleção por aqui e conferir um vídeo com a arte de Chadwick logo abaixo.

 
 
Compartilhar