Emilia Clarke
Foto de Emilia Clarke via Shutterstock
 

Parece que o universo de fantasia de Game of Thrones inspirou Emilia Clarke.

Em parceria com a escritora de quadrinhos Marguerite Bennetthe, a atriz desenvolveu um comic book intitulado M.O.M.: Mother of Madness.

O material será publicado em três volumes e gira em torno de uma cantora chamada Maya, que em determinado momento de sua vida descobre seus superpoderes e os usa para combater o tráfico humano.

Em entrevista ao Entertainment Weekly, Emilia disse que a HQ tem “bastante tolice” combinada com narrativas feministas “exploradas dentro de uma extrema atmosfera multi-gênero”.

“Nós sempre estamos chamando as mães de super-heroínas, e eu penso tipo, e se elas realmente forem?,” revelou Clarke.

Capa da HQ Mother of Madness
Capa da HQ “Mother of Madness”, escrita por Emilia Clarke

Em seguida, a atriz comentou o perfil de sua protagonista: “Maya tem uma vida bastante dura e ela se encontra em um lugar onde tudo que há torna única, ela odeia e sente vergonha. Somente quando ela descobre seus poderes é que ela aceita verdadeiramente quem ela é”.

Emilia, que recentemente foi escalada para o elenco da série do Universo Marvel Secret Invasion, também contou que Maya terá seus superpoderes ativados através de sua menstruação.

“Ela pode fazer todas aquelas coisas sinistras, mas tudo acontece pelo fato dela ser uma mulher e ter um ciclo menstrual. Eu achei que seria legal pegar todas essas coisa que geralmente incomodam as mulheres e transformar em algo que as tornam super-humanas,” diz Clarke, acrescentado que ela quer que suas leitoras mais jovens possam se sentir poderosas e falíveis ao mesmo tempo.

O primeiro volume de M.O.M.: Mother of Madness será lançado em 21 de Julho.