Shock G, membro fundador do Digital Underground e mentor de Tupac, morre aos 57 anos
Reprodução / YouTube
 

Vocalista principal e um dos fundadores do influente grupo de hip hop Digital Underground, Shock G faleceu aos 57 anos de idade na última quinta-feira, 22 de Abril.

De acordo com informações do TMZ (via CoS), a notícia foi confirmada pelo pai do artista, Edward Racker. Ele conta que o rapper foi encontrado morto em um quarto de hotel em Tampa, na Flórida, nos Estados Unidos.

Segundo Racker, a causa da morte ainda é desconhecida mas não havia sinais de trauma. Ele ainda disse que as autoridades vão conduzir as investigações e a autópsia.

Gregory Jacobs, nome de batismo de Shock G, ficou conhecido na música após formar em 1987 o Digital Underground ao lado de Kenneth “Kenny-K” Waters e Jimi “Chopmaster J” Dright.

Juntos, eles optaram por uma abordagem mais lúdica no hip-hop. Shock incorporava diferentes personas durante os trabalhos do grupo e apresentava personagens exagerados e coloridos enquanto cantava letras bem-humoradas sobre produções construídas em torno do funk.

Shock G, Digital Underground e Tupac

O trio se destacou com seu disco de estreia, Sex Packets (1990), e o single “The Humpty Dance” que alcançou o topo das paradas.

Além do grande sucesso nas vendas, a música foi sendo cada vez mais comentada pela aparição de um jovem chamado Tupac Shakur no fundo do clipe da música que se tornou um hit.

Um ano depois, Shock G se tornou um mentor musical do saudoso 2Pac, que em pouco tempo iria se tornar um dos maiores nomes do Rap. Em Janeiro de 1991, Shakur fez sua estreia na música “Same Song” do Digital Underground e naquele mesmo ano, Shock G foi um dos produtores do aclamado primeiro disco de Tupac, 2Pacalypse Now.

Já em 1993, Shock G foi convidado por 2pac para colaborar no single “I Get Around”, do seu segundo disco, Strictly 4 My N.I.G.G.A.Z….

Durante a década de 1990, o Digital Underground continuou lançando novos trabalhos mas acabou perdendo destaque com o surgimento do gangsta rap. Após um hiato de dez anos, o grupo se reuniu em 2008 para divulgar seu último disco, ..Cuz A D.U Party Don’t Stop!.

Após o fim do grupo, Shock ainda trabalhou com outros artistas. Ele produziu canções de Dr. Dre, Prince e KRS-One entre outros.

O rapper e colega de Shock, Chopmaster J fez uma publicação em sua conta do Instagram lembrando do amigo e lamentando sua partida.

34 anos atrás, quase no mesmo dia em que tivemos uma ideia maluca de que podíamos ser uma banda de hip hop e conquistar o mundo através disso tudo, o sonho se tornou realidade e a realidade se tornou um pesadelo para alguns. E agora ele acordou da fama, viva o Shock G. Aka Humpty Hump e descanse em paz, meu irmão Greg Jacobs.

Confira abaixo alguns vídeos com o trabalho do rapper e em seguida a publicação de Chopmaster J, além de homenagens de nomes como Viola Davis, MC Hammer, Bootsy Collins e Questlove ao cara.

Descanse em paz, Shock G.

 
 
Compartilhar