Foto stock de festival
Foto por Free-Photos via Pixabay
 

A vontade de voltar a um festival é grande, e no Reino Unido um evento-teste vai acontecer logo mais para verificar se é possível fazer isso. Mas tem um detalhe: o show, que será em Liverpool, já vai “agir como se a COVID-19 nunca tivesse acontecido”.

Quem contou isso foi Melvin Benn, mais conhecido por organizar os festivais de Reading & Leeds e atualmente responsável pelo piloto que está marcado para o dia 2 de Maio. Em entrevista à NME, ele explicou como será o festival com 3 bandas — Blossoms, The Lathums e Zuzu — que receberá 5 mil pessoas sem distanciamento social ou uso de máscaras:

Você só pode chegar no dia se você tiver tido um teste de fluxo lateral [da COVID-19] em um dos centros de teste de Liverpool. Se você tiver isso, você receberá um QR code que irá permitir a validação do seu ingresso.

Uma vez que ele esteja validado, e nós esperamos que as pessoas façam isso porque será melhor para o evento, você terá a obrigação de observar todas as normas de distanciamento social e de uso de máscaras no ônibus, no trem, no táxi, ou no carro no caminho para o evento se estiver viajando com outras pessoas. Quando você entrar no local do evento, iremos pedir para que você continue usando uma máscara até o posto de segurança.

Depois disso, você pode tirar sua máscara e fingir que a COVID nunca existiu. Apenas cante, dance, faça mosh, dê risadas, curta as bandas e participe da noite mais histórica que você vai se envolver na vida.

A decisão definitivamente parece arriscada, afinal depende completamente do bom comportamento das pessoas que tiverem seus ingressos validados. Ainda assim, Benn se diz mais empolgado do que nunca e garante que esse é o evento “mais histórico” do qual já participou, mesmo com tantos festivais em seu currículo.

Ele também se mostrou otimista em relação à realização de eventos maiores no futuro próximo, dizendo que a taxa de contágio do vírus é “claramente muito mínima” em ambientes abertos e afirmando que “o governo irá garantir que estamos fazendo [tudo] apropriadamente e com segurança”.

E aí, você encarava essa? Se por acaso morar em Liverpool e quiser arriscar, saiba mais informações e compre os ingressos por aqui.

 
 
Compartilhar