Mike McCready msotra tatuagem equivocada
Foto: Reprodução / The Associated Press
 

Na semana passada te contamos que Mike McCready, do Pearl Jam, irá lançar em parceria com a Fender Custom Shop uma edição limitada do modelo vintage de sua guitarra Stratocaster 1960.

Um fato curioso sobre a relação do músico e o seu instrumento é que ele passou anos acreditando que o seu modelo era de 1959, igual ao do seu ídolo Steve Ray Vaughan, e por isso ele chegou a tatuar o número “59” em seu braço.

Porém, seu técnico de guitarra Vincent Van Trigt, que ficou responsável por supervisionar as guitarras que seriam construídas e vendidas pela Fender, acabou descobrindo recentemente que na verdade o modelo usado por Mike era de 1960.

Mike McCready, Guitarra e Tatuagem

Em uma conversa com a Guitar Magazine sobre a colaboração com a Fender, McCready relembrou a história da tatuagem com o número da guitarra (via Blitz):

Tinha lido que o Steve Ray Vaughan usava uma Stratocaster de 1959. Vi ele usando quatro vezes ao vivo e foi incrível. Foi por isso que a comprei. Eu estava tão convencido que era de 1959 que tatuei o número 59 no braço.

O George [Wood], que comanda o armazém do Pearl Jam, não queria me dizer que era de 1960 porque eu sempre estava falando que adorava a minha Stratocaster de 1959. Ele não quis partir meu coração.

O músico concluiu dizendo que ainda está chocado com a revelação, mas não se importou muito porque continua adorando a guitarra.

A nova réplica da guitarra de Mike McCready contará com apenas 60 peças e será vendida por um preço de colecionador custando US$ 15 mil – aproximadamente R$ 84 mil.

Confira todos os detalhes acessando aqui. Você pode ver o próprio guitarrista mostrando sua tatuagem errada no vídeo abaixo.

 
 
Compartilhar