Moby
Foto via Wikimedia Commons
   

Nos últimos tempos, Moby tem estado pouco ligado à música e temos ouvido seu nome mais quando ele está ligado a polêmicas.

Isso foi especialmente verdade quando ele publicou sua autobiografia Then It Fell Apart, que relatava um suposto relacionamento com Natalie Portman desmentido pela atriz — que ainda afirmou ter 18 anos quando conheceu o músico, à época com 34.

Em uma nova entrevista com o The Guardian, Moby refletiu sobre todo esse período quando foi questionado sobre por que o livro virou um desastre tão grande e deu uma resposta extensa para tentar explicar o que houve e como lidou com tudo:

Eu tentei descrever a um amigo meu e eu tive dificuldade porque eram tantas camadas em meio a isso. [Nos anos 2000], foram lançados [os sites de fofoca] em um período que eu era esse viciado em drogas e bebidas auto-envolvido, fora de controle e extremamente mimado e eu amava ler sobre mim mesmo, quase patologicamente, o que eu sei que não é algo que devemos admitir. De todo jeito, teve esse certo artigo sarcástico onde alguém comentou que me odiava tanto que se me vissem andando na rua iriam me esfaquear e me assistir sangrar até a morte. E isso foi o começo de uma realização: eu tinha três opções em termos de como lidar com a opinião pública. Uma era tentar ser iluminado a ponto de conseguir ler coisas que eram odiosas e violentas e me colocar acima delas. Isso não era factível; eu nunca iria ter esse nível de iluminação. A segunda opção era encontrar cada uma das pessoas no planeta que me odiava e tentar convencê-las de outra forma ou esfaqueá-las até a morte. Eu percebi que isso não era ético e também pouco prático já que potencialmente envolvia milhões de pessoas. E então a terceira opção, que foi a que eu escolhi, era não prestar atenção. E então se você falar com meus empresários ou com as pessoas que eu trabalho, eu só tenho uma regra clara, que é: não me mande links de imprensa ou resenhas porque eu não leio nada.

Então, quando essa loucura [com Natalie Portman] estava acontecendo alguns anos atrás, eu me refugiei na minha ignorância. Obviamente se tornou difícil de ignorar, especialmente quando eu tinha tabloides acampados do lado de fora da minha casa. Mas eu acho que percebi que se todo mundo no mundo me odiar eu ainda posso acordar na mesma cama confortável toda manhã e sair pra fazer uma trilha.

De fato, lá em 2019, Moby acabou cancelando uma turnê e se isolando logo depois de pedir desculpas pela forma como relatou a história de Natalie. Mas, afinal, era verdade na perspectiva dele?

Moby e a história de seus encontros com Natalie Portman

Ainda na mesma entrevista, ele demorou mas finalmente respondeu essa pergunta com um “sim” com pouca confiança. Ele explica que “uma opção é terrível, a outra é realmente terrível” quando fala do assunto, insinuando que não quer se explicar por medo de se complicar ainda mais.

No entanto, ele eventualmente faz questão de dizer que não agiu de forma repulsiva com a atriz, ainda que faça uma espécie de mea culpa da situação:

Eu não usaria essa palavras. Mas quando eu era um alcoólatra e viciado em drogas fora de controle eu definitivamente agi de maneiras egoístas e [fui] incrivelmente sem consideração com membros da família e amigos e namoradas e pessoas com quem eu trabalhei. Mas de novo, parte do programa [de reabilitação] dos 12 passos é que é um programa de honestidade rigorosa. Eu não quero soar muito como um clichê de músico envelhecendo no sul da Califórnia, mas a ideia de genuinamente olhar para as suas ações e fazer reparações por elas é um processo pelo qual eu acredito que passei de maneira bem completa. E me deixa triste, sim, que eu provavelmente não faço um trabalho efetivo o suficiente ao tentar comunicar a batalha com o vício e contextualizar as histórias dessa forma.

Vale lembrar que a versão de Natalie para a história de que os dois tiveram um namoro é a seguinte:

Eu era fã dele e fui a um de seus shows quando tinha acabado de me formar. Quando nos conhecemos depois do show, ele disse, ‘vamos ser amigos’. Ele estava em turnê e eu estava trabalhando, fazendo um filme, então nós só saímos algumas vezes antes de eu perceber que ele era um homem mais velho que estava interessado em mim de uma maneira que parecia inadequada.

Você pode entender melhor por aqui.

 
 
Compartilhar