Paul Ritter como Anatoly Dyatlov em Chernobyl

Notícias tristes no mundo da televisão e do cinema: Paul Ritter, ator britânico de 54 anos de idade, faleceu na última segunda-feira (05).

A causa da morte foi um câncer no cérebro contra o qual Ritter vinha lutando, e seus familiares revelaram que ele morreu em casa, cercado do amor das pessoas próximas.

Com um currículo extenso, Ritter apareceu em filmes como 007 – Quantum Of Solace (2008), Hannibal, a Origem do Mal (2007), Harry Potter e o Enigma do Príncipe (2009) e mais.

Na televisão, vinha fazendo parte da sitcom britânica Friday Night Dinner como o patriarca Martin Goodman há longos anos.

Paul Ritter e sua Atuação em Chernobyl

Recentemente, Paul Ritter deu vida a Anatoly Dyatlov na aclamada série Chernobyl, da HBO.

A premiadíssima produção fala sobre o trágico acidente na usina nuclear de Chernobyl que acabou custando várias vidas e provocando terror mundial por conta da radiação emitida no local.

Nascido na União Soviética em 1931, Anatoly Stepanovich Dyatlov era o responsável pelo fatídico teste de segurança realizado em 1986 que acabou destruindo um reator e os prédios adjacentes, tornando-se o maior desastre nuclear da história.

Com uma atitude pra lá de negacionista, Dyatlov foi culpado pelo acidente, já que minimizou relatórios da própria equipe sobre o que de fato havia acontecido. Como era leal ao regime soviético, fez tudo que poderia para tentar encobrir os erros daquele dia, mesmo que isso significasse não ir atrás de soluções efetivas para o desastre.

Foi justamente ao interpretar Anatoly que Paul Ritter mostrou todo seu talento, já que o ator britânico entendeu o peso da personagem e retratou suas atitudes de forma impecável, contribuindo para que Chernobyl levasse 10 prêmios Emmy para casa após 19 indicações, por exemplo.

Que descanse em paz.

LEIA TAMBÉM: produtores de “Chernobyl” trabalham em série sobre fuga de regime comunista

 
Compartilhar