Com programa de Inteligência Artificial projeto cria
Reprodução / YouTube
 

Com o intuito de que o fatídico Clube dos 27 não seja constituído por mais músicos, uma organização criou um projeto de conscientização sobre a importância do apoio à saúde mental.

Através de um software de Inteligência Artificial foram escritas novas músicas no estilo de Kurt Cobain do Nirvana (“Drowned In The Sun”), Amy Winehouse (“Man, I Know”), Jimi Hendrix (“You’re Gonna Kill Me”) e Jim Morrison do The Doors (“The Roads Are Alive”), que infelizmente faleceram aos 27 anos de idade.

As músicas foram lançadas pela organização de Toronto Over The Bridge no projeto Lost Tapes Of The 27 Club. Ele reúne canções criadas por computadores para chamar a atenção das lutas enfrentadas por músicos com depressão e problemas de saúde mental.

Sobre a iniciativa, Sean O’Connor, membro do conselho de diretores da Over The Bridge, disse à Rolling Stone (via NME):

E se todos esses músicos que amamos tivessem suporte de saúde mental? De alguma forma, na indústria musical, [a depressão] é normalizada e romantizada… Sua música é vista como um sofrimento autêntico.

Utilizando o programa de IA do Google Magenta, as faixas surgiram de uma analise de até 30 músicas de cada artista.

O recurso estuda detalhadamente as melodias vocais das faixas, riffs e solos de guitarra, padrões de bateria, mudanças de acordes e letras para entender como seriam as “novas” músicas, que tiveram suas palavras escritas por outro programa de IA.

Kurt Cobain, Nirvana e Inteligência Artificial

Nesta segunda-feira, 5 de Abril, completam-se 27 anos da morte do icônico vocalista do Nirvana.

A faixa do projeto em homenagem ao artista se chama “Drowned In The Sun” e foi gravada com os vocais de Eric Hogan, líder de uma banda de tributo ao Nirvana. A similaridade da nova música com as antigas canções do grupo é impressionante e sobre isso Hogan comentou:

Se você olhar para o ‘último lançamento do Nirvana’ que foi, ‘You Know You Right’, isso tem o mesmo tipo de vibração. Kurt meio que escreveria o que diabos ele quisesse escrever. E se ele gostava, então era uma música do Nirvana.

Eu posso ouvir certas coisas no arranjo de [‘Drowned in the Sun’] como, ‘OK, isso é meio que uma vibe In Utero aqui ou uma vibe Nevermind bem aqui.’

Eu realmente entendi a IA disso.

A música diz: ‘Sou um estranho, mas gosto disso’. Esse é totalmente Kurt Cobain. O sentimento é exatamente o que ele teria dito. ‘O sol brilha sobre você, mas não sei como’ – isso é ótimo”.

A organização Over The Bridge busca ajudar membros da indústria da música a lidar com doenças relacionadas à saúde mental oferecendo suporte por meio de workshops, sessões por videochamada e outros recursos.

Nos vídeos abaixo você pode ouvir todas as músicas “inéditas” de Kurt Cobain, Amy Winehouse, The Doors e Jimi Hendrix.

Procure Ajuda!

Se você passa por problemas de saúde mental e gostaria de procurar algum tipo de ajuda, conheça o trabalho do CVV – Centro de Valorização da Vida.

O CVV realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone, email e chat 24 horas todos os dias.

O número de telefone para entrar em contato com eles é 188. Você pode conferir a lista de estados disponíveis clicando aqui.

LEIA TAMBÉM: Miley Cyrus afirma que ficou sóbria por medo de morrer aos 27 anos