CPM 22 no Superpositivo em 2001
Reprodução/YouTube

Em 2001, CPM 22 elogiava Axé e Pagode, mas dizia que brasileiro tem “Rock na veia”É inegável que o movimento do Rock no Brasil no final dos anos 90 e início dos 2000 foi forte demais e marcou toda uma geração, com bandas como Charlie Brown Jr., Raimundos e, claro, o CPM 22.

Em 2001, essa última fez uma participação no programa Superpositivo — à época apresentado por Sabrina Parlatore — e tocou dois de seus maiores hits, “Regina Let’s Go” e “Tarde de Outubro” (que na época era uma novidade).

Além disso, no entanto, o vocalista Badaui foi questionado sobre o estado do Rock no Brasil e como o gênero vinha ganhando espaço depois de um tempo fora da mídia, por assim dizer.

O cantor deu uma baita resposta sobre a importância do Rock para o brasileiro e não precisou desmerecer outros gêneros populares por aqui pra isso:

Eu acho que, assim, pô, o Rock and Roll nunca podia ter perdido espaço. Porque é um som que tá na veia do brasileiro, não só como o Axé, assim, o Pagode, também são legais, mas pô, acho o seguinte, o Rock and Roll também tem que estar em alta. E pô, é bem legal ver que as gravadoras tão dando forças pra essas bandas, Superfly, Tihuana, o Charlie Brown, o Raimundos, também, que não vai acabar nunca…

Bom, errado não está, né? Você pode conferir o vídeo da participação na íntegra abaixo, incluindo as performances musicais.

CPM 22 falando sobre Rock no Brasil em 2001

 
Compartilhar