Pharrell Williams
Foto: Reprodução/Twitter
 

Pharrell Williams compartilhou com seus fãs e seguidores que seu primo Donovon Lynch, de 25 anos, foi morto pela polícia na última sexta-feira (26).

O crime aconteceu em Virginia Beach, nos Estados Unidos, e outra pessoa também morreu, além de oito feridos. Segundo informações da imprensa americana (via BLITZ), a câmera corporal do policial que efetuou os disparos estava desligada “sem razão aparente”. Este fato está causando revolta no país, marcado por protestos contra a brutalidade policial nos últimos tempos.

À justiça, os policiais alegaram que Donovon e outro homem estavam armados no momento dos disparos.

Pharrell declarou:

A perda destas vidas é uma tragédia sem precedentes. O meu primo Donovon foi morto durante esse tiroteio. Ele era uma luz brilhante e alguém que estava sempre lá para os outros.

É necessário que a minha família e as famílias das outras vítimas recebam a transparência, a honestidade e a justiça que merecem. Virginia Beach é o exemplo maior de esperança e tenacidade e, enquanto comunidade, vamos ultrapassar isto e ficar ainda mais fortes.

Que tenso! Veja a publicação do músico abaixo.

 
 
Compartilhar