Soundgarden
Foto: Divulgação
 

Se você é fã do Soundgarden, provavelmente já vem acompanhando há algum tempo a (infeliz) confusão que está a questão de direitos às músicas deixadas por Chris Cornell.

A banda vem envolvida em processos judiciais movidos pela viúva do vocalista, Vicky Cornell, e por isso diversos materiais inéditos têm ficado “presos”. Agora, os fãs estão um pouco mais perto de finalmente ouvir essas coisas, já que uma juíza do estado de Washington, nos EUA, deu decisão favorável aos membros remanescentes do grupo em um dos primeiros julgamentos do caso.

Como conta a Loudwire, Michelle Peterson decidiu que as acusações de Vicky de que Kim ThayilBen Shepherd e Matt Cameron estariam devendo “centenas de milhares de dólares” em royalties a ela são infundadas e, portanto, não autorizou o processo a seguir em frente.

Da mesma forma, Vicky também processava o empresário Rit Venerus por não “agir em nome de seus interesses”; a juíza decidiu novamente de forma contrária à viúva, afirmando que Venerus não é responsável por isso, mas sim pelo cuidado com a banda.

Até o momento, todas as informações vão apontando para um resultado positivo ao trio que permanece vivo. Eles afirmaram em 2020, quando o processo começou a correr, que Vicky estaria tentando se tornar dona de tudo em nome de Chris — o que estaria errado, já que as canções são de todos os integrantes.

Eles também disseram que há uma sociedade pelos royalties do Soundgarden e que Chris não era parte dessa empreitada quando faleceu; portanto, a única coisa que Vicky pode cobrar, se quiser, é que eles façam uma oferta para que ela compre uma porcentagem dos direitos.

Isso é o assunto de outro processo, aliás, ainda em curso. Vicky acusa os músicos de terem oferecido um preço “não-satisfatório” para que ela comprasse os direitos, e esse caso ainda será julgado. De toda forma, o Soundgarden já deixou claro que vai seguir trabalhando nas músicas que farão parte desse disco póstumo.

Tomara que tudo isso se resolva logo e da melhor forma possível!

 
 
Compartilhar