Leoni e Paula Toller
Fotos via Wikimedia Commons
   

Ex-integrantes do Kid Abelha, Leoni Paula Toller estavam em uma disputa judicial que finalmente parece ter chegado ao fim e teve decisão favorável à cantora.

Ela entrou com a ação depois que seu antigo companheiro de banda usou a canção “Pintura Íntima” em uma campanha eleitoral do PT em 2018 sem a sua autorização.

Na época, Leoni declarou apoio à candidatura de Fernando Haddad Manuela D’Ávila e chegou a criar uma paródia em que cantava “Com Manu e Haddad de mãos dadas, chegou a hora da virada”, baseada na letra original “Fazer amor de madrugada, amor com jeito de virada”.

Agora, como afirma a jornalista do UOL Luiza Missi (via Whiplash), a 16ª Câmara Cível do Rio de Janeiro decidiu manter a decisão alcançada em 2019 de que houve “uso indevido da obra musical em campanha publicitária do Partido dos Trabalhadores, sem a correspondente autorização da coautora”.

Como dito acima, Paula escreveu a canção juntamente com Leoni e agora vai receber uma multa bem generosa — tanto do músico quanto do partido, aliás. Ele terá de pagar R$50 mil, enquanto o PT e Haddad irão desembolsar R$100 mil. Mais ainda, o valor equivalente a “duas vezes o valor do licenciamento da imagem e dos direitos autorais e artísticos da música” também será incluído na conta final.

Vale lembrar que o Kid Abelha chegou ao fim formalmente em 2016, após ter anunciado uma pausa em 2013.

   
 
Compartilhar