João Gordo em entrevista para o canal Meteoro
 

João Gordo teceu duras críticas ao movimento da esquerda no Brasil.

Em entrevista ao canal Meteoro Brasil (via Whiplash), o vocalista do Ratos de Porão compartilhou algumas opiniões e pontos de vista acerca do momento atual no Brasil. Como bem sabemos, Gordo nunca deixou de expor o que pensa em público.

Ao ser questionado sobre a oposição ao governo de Jair Bolsonaro, João respondeu:

[A esquerda atual é] tosca, cirandeira, bunda-mole pra caralho. É dividida. Por isso não consegue fazer nada. Os caras [que apoiam Jair Bolsonaro] com fake news conseguem passar o pé em todo mundo. E continuam passando o pé e tirando um pelo fodido da nossa cara.

E aí, concorda? João Gordo ainda falou sobre a mansão de R$ 6 milhões que o senador Flávio Bolsonaro, filho do presidente, comprou.

O cara tava devendo lá, devendo R$6 milhões e comprou uma mansão de R$6 milhões. É a mesma coisa que passar um pinto na nossa cara. Tá tirando grandão!

Mas esse pessoal vai pagar. Esse pessoal fascista vai pagar, tipo Mussolini… esses caras pagaram. Tá certo que uns não, né… mas vilão sempre se fode.

Confira essas e mais declarações abaixo.

A declaração sobre a esquerda brasileira começa na marca de mais ou menos 21 minutos e 15 segundos.

LEIA TAMBÉM: Cala a Boca Já Morreu: Felipe Neto reúne advogados para defender gratuitamente processos por críticas a Bolsonaro

João Gordo

 
 
Compartilhar